Fiscais do Ipem-RN realizam palestra sobre acessibilidade em ônibus

O Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN) realizou uma reunião na última quarta-feira (23) no auditório do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat), em Natal. Fiscais do Ipem-RN explicaram aos participantes do evento, realizado em parceria com a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Nordeste (Fetronor), quais regras devem ser seguidas para a garantia da acessibilidade dos usuários dentro dos veículos.
Plataforma de elevação, barras de identificação com sinalização para deficientes audiovisuais, bancos preferenciais, cadeira de transbordo, cinto de segurança, vão livre, pega mão, cestos de lixo, apoios de braço e iluminação dos degraus são apenas alguns dos itens que um ônibus devidamente adaptado e acessível deve conter. “Os itens regulamentados pelo Inmetro visam melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, seja ela definitiva ou temporária. Por isso é essencial que essas normas sejam aplicadas”, conta a interlocutora do Inmetro e agente fiscal Socorro Freitas.
Antônio Damásio, fiscal do Ipem, lembra que, apesar de ter sido determinada a adaptação para os ônibus desde a sua fabricação, é necessária a manutenção dos veículos para garantir que os itens estejam sempre adequados. “Com o tempo, ocorre o desgaste dos equipamentos, ao que as empresas devem ficar sempre atentas, tanto no caso dos ônibus adaptados de fábrica quanto dos readaptados”. Em operação realizada em novembro de 2012, foram verificadas 27 irregularidades em veículos vistoriados pelos fiscais do instituto potiguar na Grande Natal.
O diretor do Ipem-RN, Carlson Gomes, explica que com a palestra de hoje o órgão tem a intenção de diminuir o número de autuações em operações de fiscalização futuras e propiciar aos empresários o acesso às informações para uma melhor prestação de serviços à comunidade. “É uma ação educativa, similar à que vínhamos desenvolvendo com os supermercadistas. Porque o Ipem não está aqui apenas para multar, não é isso o que queremos. Queremos que a classe tenha em mãos as ferramentas e o conhecimento necessários para aplicar as determinações do Inmetro, e assim oferecer um serviço de qualidade à população”, ressalta.
A palestra contou ainda com a presença de representantes de órgãos de certificação credenciados pelo Inmetro para o serviço de adaptação em veículos e instalação de cronotacógrafos no Rio Grande do Norte. Foi realizada ainda uma demonstração dos itens de acessibilidade em ônibus que foram estacionados no pátio do próprio Sest/Senat, para auxiliar os presentes a visualizarem as demandas que devem ser atendidas.
Para o presidente da Fetronor, Eudo Laranjeiras, essa consultoria será fundamental para as empresas entenderem exatamente o que precisa ser feito, de forma prática e com qualidade. “As empresas passaram por diversas crises nos últimos anos e encontraram dificuldades para se adequar à nova realidade implementada pelos órgãos reguladores. Mas é o que queremos fazer agora, é uma necessidade urgente. E essa visita do Ipem nos ajudará na capacitação dos nossos associados para que todos possam cumprir com esse compromisso”, disse.
O Inmetro disponibiliza na internet uma página voltada exclusivamente para informações sobre acessibilidade em transportes coletivos de passageiros. O endereço é o  www.inmetro.gov.br/qualidade/acessibilidade.asp.
Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *