Mobilidade recebe menos de 10% do governo federal

Em 2013 o Brasil sediará o primeiro dos megaeventos esportivos que irão ocorrer até 2016: a Copa das Confederações. Com o campeonato, o país deve receber dentro de poucos meses milhares de turistas de todo o mundo.

Apesar da proximidade do evento, o principal programa do governo federal relacionado à mobilidade urbana, um dos gargalos do país para a realização eventos, praticamente não evoluiu em 2012. A rubrica “Mobilidade Urbana e Trânsito”, do Ministério das Cidades, desembolsou apenas R$ 271 milhões, incluídos os restos a pagar, menos de 10% do total de R$ 2,8 bilhões autorizados para o ano passado no Orçamento Geral da União.
O baixo valor empenhado também chama atenção. Do total previsto, menos da metade (46,4%), o correspondente a R$ 1,3 bilhão foram reservados em orçamento para uso posterior.
Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *