Marcopolo compra participação na encarroçadora canadense New Flyer

A brasileira Marcopolo anunciou nesta quinta-feira, 24, a compra de participação acionária na encarroçadora canadense New Flyer, fabricante de ônibus urbanos com unidades no Canadá e nos Estados Unidos. Foram adquiridas 11.087.834 novas ações ordinárias por R$ 238,4 milhões (116,4 milhões de dólares canadenses), o equivalente a 19,99% do capital social da empresa.

De acordo com José Rubens de la Rosa, diretor-geral da Marcopolo, o investimento está alinhado com a estratégia de crescimento da empresa e marca a entrada definitiva da companhia nos mercados norte-americanos. “A New Flyer tem experiência na fabricação de produtos com alto padrão de especificação e sofisticação e no desenvolvimento e aplicação de tecnologias sustentáveis, como veículos híbridos e movidos a combustíveis renováveis e alternativos.”

A operação, sujeita à aprovação da Bolsa de Valores de Toronto, no Canadá, será realizada em duas etapas. Na primeira, a Marcopolo compra 4.925.530 novas ações ordinárias a serem emitidas em até 1º de março pelo valor de 51,7 milhões de dólars canadenses, e as demais 6.162.304 ações serão adquiridas pela Marcopolo pelo mesmo preço unitário em uma única parcela em até doze meses, de acordo com a necessidade de investimento ou de financiamento da New Flyer.

A New Flyer conta com três fábricas de ônibus atualmente, uma no Canadá e duas nos Estados Unidos, além de uma unidade industrial de peças, quatro centros de distribuição e rede de assistência técnica. Emprega mais de 2,2 mil funcionários e já comercializou mais de 32 mil veículos. Somente em 2011, produziu cerca de 1,8 mil ônibus e obteve receita líquida de US$ 926 milhões.

Com o investimento, ambas as marcas planejam amparar suas estratégias de crescimento de e diversificação de portfólio. Produtos da canadense poderão ser trazidos para o Brasil e outros mercados da região, bem como os ônibus da Marcopolo oportunamente poderão ser destinados para os Estados Unidos e o Canadá. As duas companhias assinaram um memorando para compartilhamento de projetos de engenharia, de compras e operacionais, com o objetivo de reduzir custos de fabricação e pós-venda de peças.

A Marcopolo poderá ainda nomear um membro para o conselho de administração da New Flyer, desde que mantenha ao menos 10% das ações ordinárias da empresa, e comprar mais ações daqui a dois anos, se manter as já adquiridas até lá.

O contrato também estabelece que, se a New Flyer decidir recuperar futuramente todas as suas ações, a Marcopolo poderá, dentro de certas limitações, concordar em vendê-las ou oferecer proposta superior à diretoria da canadense para mantê-las.

A Marcopolo espera atingir receita líquida consolidada de R$ 4,3 bilhões em 2013, com produção global de 35,2 mil unidades.

Fonte: Automotive Business

Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *