SE: Licitação dos coletivos de Aracaju será integrada com a região metropolitana

O prefeito João Alves Filho (DEM) garantiu que fará o processo de licitação dos transportes públicos em Aracaju durante a sua gestão. Ele não fala em prazos, mas garantiu que a proposta inicial deixada pelo ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) passará por mudanças significativas. “Não tem como falar em licitação sem falar sobre a integração com São Cristovão, Barra e Socorro”, diz João Alves.

Ele adverte também que adotará mecanismo para cobrar maior rigor das empresas, de forma a reduzir o tempo de espera nos pontos. “Há 38 anos, quando fui prefeito, deixei o tempo máximo de 15 minutos e hoje não se admite que um cidadão fique esperando 50 minutos em um ponto de ônibus”, considerou. “Iremos adotar medidas para reduzir este tempo de espera”, garantiu.

A secretária municipal de Defesa e Cidadania, Georlize Teles, que comandará a gestão da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), informou que a prefeitura só dará início aos procedimentos para efetivar o processo de licitação quando o Tribunal de Contas concluir a análise dos projetos e também quando o Tribunal de Justiça manifestar decisão em todos os processos judiciais movidos pela classe empresarial contra o processo de licitação.

Tarifa: O prefeito João Alves informou que ainda não recebeu nenhuma solicitação oficial das empresas que exploram o sistema na capital quanto ao reajuste tarifário. E, por esta razão, não se manifestaria a respeito das reclamações dos empresários quanto a supostos prejuízos que o setor reclama enfrentar em função do congelamento da tarifa praticado no ano passado pelo ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B).

Foto: Fortalbus
Fonte: Infonet

Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *