SETURN registra 41 assaltos a ônibus no mês de janeiro em Natal

“Ele subiu no ônibus como se fosse um passageiro. Eu vi pelo retrovisor  que ele estava assaltando um passageiro. Depois ele ficou atrás de mim com a arma na minha cabeça”. Este é o relato de um dos 41 motoristas de ônibus que sofreram assaltos no mês de janeiro em Natal, contra 35 no mesmo período do ano passado.

Em fevereiro, até esta quarta-feira (6) foram registrados sete. Os dados foram repassados pelo Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros do Município do Natal (SETURN).
O motorista, que não quis se identificar, foi assaltado em 5 de janeiro. Ele contou que apertou o potão do pânico, instalado no veículo, mas a polícia não chegou ao local. “Por sorte, um policial da Rocam passou pelo local, eu dei um sinal e ele conseguiu prender o assaltante. Mas o botão do pânico não funcionou”, apontou a vítima. Assista abaixo o depoimento dele, dado no telejornal “RN TV”, na primeira edição de 06 de fevereiro, exibido na Inter TV Cabugi.
Segundo o comandante da Polícia Militar no RN, coronel Francisco Araújo,  sistema do potão do pânico, que é eletrônico, pode ter falhado. Contudo, afirmou que a PM realiza barreiras policias diariamente na capital. “Os policias param os ônibus, exatamente para identificar possíveis assaltantes. Além disso, realizamos reuniões sistemáticas para tratar deste assunto e coibir os assaltos”, disse o comandante.
Para coibir os crimes, o sindicato dos rodoviários defende a criação de uma delegacia que investigue os assaltos a ônibus. Além disso, a categoria reivindica a volta das blitzen da Polícia Militar. “Vamos nos reunir com as polícias Civil e Militar e a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (Semob) para cobrar essas melhorias. O carnaval está chegando e não sei se os trabalhadores vão suportar essa pressão”, afirmou Nastagnam Batista, presidente do Sindicato dos Profissionais de Transporte do RN (Sintro).
Os assaltos aconteceram em diversas regiões de Natal, mas a maioria deles foi aos ônibus das linhas que passam pelo bairro de Santos Reis, zona Leste da capital. “Só nestas linhas, no dia 31 de janeiro registramos três assaltos e pela mesma pessoa”, revelou Nastagnam.
Vídeo: G1 RN
Fonte: G1 RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.