Mossoró: Tarifa de ônibus passa a custar R$ 2

Desde a 00h desta quarta-feira (20) está valendo a nova tarifa de ônibus em Mossoró: R$ 2 para passagens interias. Até ontem, esse serviço custava R$ 1,85. De acordo com Alexandre Lopes, titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, a prefeita Cláudia Regina deve fazer o anúncio oficial de “readequação do sistema” também hoje. A ideia é fazer com que a população compreenda que “não se trata de um simples aumento de tarifa”.
Espera-se que, com o novo valor, as empresas sejam capazes de investir mais e de maneira mais eficaz nos serviços, com implantação de consulta online de itinerários e cumprimento rígido de horários. Os ônibus serão monitorados por GPS. “O mesmo tipo de controle que a Prefeitura pode ter das linhas, a população vai ter”, destacou Lopes. O serviço de consulta online deve começar a ser disponibilizado para algumas linhas em um mês.
Segundo o secretário, a prefeitura estuda ainda meios de disponibilizar consultas de itinerários por mensagens de texto enviadas por aparelhos de celular. O usuário enviaria a mensagem para empresa informando a parada onde ele se encontra – os pontos seriam numerados – e a empresa avisaria qual a linha mais próxima do local naquele momento. Tal tecnologia, contudo, ainda está em fase de testes e sua implantação é incerta.
A Secretaria de Desenvolvimento Urbano trabalha ainda na elaboração do edital que deve ser lançada até junho e dará origem à licitação para concessão de novas linhas e conseguir o aumento da frota.
Acredita-se que o reajuste da tarifa torne o mercado local mais atraente para investimentos. A tarifa de ônibus estava congelada há três anos em Mossoró – fato que gerava críticas severas dos empresários que afirmam estar impossibilitados de manter seus serviços na cidade. A situação piorou com o aumento do preço do combustível.
Ainda segundo Lopes, foi realizada neste ano uma reunião com representantes da Prefeitura, do Ministério Público, das empresas, dos motoristas e da população.
Na ocasião, após cálculos, teria se percebido que, com o atual sistema, sem nenhuma melhoria, o preço mais justo para a tarifa seria R$ 2,05. “Mas a gente ponderou juntamente com as empresas que esse aumento não poderia vir todo de uma vez”, disse o secretário.
Será concedido, como determina a legislação municipal, reajuste periódico de tarifa que deve repercutir na melhoria de serviços e de infraestrutura do sistema, como mais conforto nas paradas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.