Copa 2014: Obras de mobilidade devem começar em junho

Passados 1.401 dias desde que Natal foi anunciada pela Fifa como uma das cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, a primeira ordem de serviço para uma obra urbana com vistas ao Mundial foi assinada ontem, dia 02, pelo prefeito Carlos Eduardo. A intervenção, porém, não diz respeito aos túneis, viadutos ou adequações de vias públicas para dar mais fluidez ao tráfego. As obras, que deverão começar em uma semana, dizem respeito ao túnel de macrodrenagem de águas pluviais.

Durante a assinatura da ordem de serviço do túnel de drenagem, o prefeito Carlos Eduardo anunciou que mais duas serão expedidas ainda no primeiro semestre deste ano. São as relacionadas às obras de mobilidade urbana em si, no entorno do viaduto da Urbana, na zona Oeste, e nas cercanias do Estádio Arena das Dunas. Estão previstos investimentos da ordem de R$ 700 milhões em obras estruturantes e nas intervenções de mobilidade urbana. Somente nas proximidades do complexo esportivo serão construídos quatro túneis e dois viadutos.
“Na primeira semana de junho esta obra que representa o primeiro lote da mobilidade que tem o valor de R$ 136 milhões, que pode ser reduzido porque vai tirar muitas desapropriações e reduzir extensão, vai começar e entregar em maio do ano que vem. No caso do segundo lote que é uma melhoria na infraestrutura no entorno do Arena no valor de R$ 106 milhões, e representa túnel na Mor-Gouveia com a Prudente (de Morais); na Raimundo Chaves com a Prudente (de Morais); um viaduto na Prudente com a Lima e Silva e um viaduto na Lima e Silva com a Romualdo Galvão terão as ordens de serviços assinadas”, garantiu.
O prefeito anunciou, também, outras obras independentes das que remetem ao Mundial de 2014. Será licitada, ainda este ano, a Urbanização Integrada do Planalto, na zona Oeste de Natal, e do bairro Lagoa Azul, na zona Norte. No primeiro, está previsto o desembolso de R$ 196 milhões para a construção de escolas, creches, postos de saúde, quadras esportivas, saneamento básico e casas populares. Os mesmos empreendimentos deverão ser erguidos na zona Norte, cujo valor investido deverá chegar a casa dos R$ 200 milhões. Com os projetos aprovados pelo Governo Federal, parte da monta já está assegurada.
“Natal deverá receber investimentos da ordem de R$ 1,2 bilhão até o início do ano que vem”, destacou o prefeito Carlos Eduardo. Ele asseverou que Natal não irá perder investimentos em infraestrutura e mobilidade urbana. ““O legado da copa será positivo. Uma ou outra obra estará sendo executada durante a Copa, mas nos interessa isso, interessa que a cidade ganhe depois da Copa. A cidade tem que ficar com a herança bendita da Copa””.
Financiamento não sairá de graça para a Prefeitura: O financiamento de quase R$ 300 milhões para as obras de mobilidade urbana em Natal, através de repasses do Governo Federal, não sairão de graça para a Prefeitura. “”É um empréstimo. É uma operação de crédito que terá que ser paga um dia””, explicou o coordenador da Copa do Mundo pela Prefeitura, Alexandre Duarte.
Os recursos, garantidos ainda em 2009 através do PAC, serão extraídos da conta do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), gerida pela União, e deverão ser repostos pelas capitais brasileiras que sediarão os jogos do Mundial. Há, entretanto, um prazo de carência para que isto ocorra e os governantes preferem não comentar o tema, ressaltando o lado positivo das obras.
““Existe viabilidade de pagamento. Senão, não estaríamos fazendo””, disse o prefeito Carlos Eduardo, após a expedição da ordem de serviço para as obras do túnel de macrodrenagem do estádio Arena das Dunas. Ele não detalhou de que forma o Município irá arcar com o pagamento do empréstimo ao FGTS, nem a partir de quando isto será feito.  A prefeitura deverá, nos próximos meses, oficializar uma tomada de empréstimo junto ao BNDES para viabilizar o pagamento das contrapartidas das obras.
Foto: Alex Régis (Tribuna do Norte)
Com informações: Tribuna do Norte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.