Mossoró: Avenida Rio Branco vai ter faixa exclusiva para ônibus e ciclovia

Aprovado no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), o Projeto de Requalificação da Avenida Rio Branco vai disponibilizar aos mossoroenses uma via com maior mobilidade urbana, mais larga e com algumas novidades, como uma faixa exclusiva para o transporte urbano coletivo.

O projeto apresentado no Ministério das Cidades uniformiza as duas pistas existentes e as duas pistas projetadas para 9m de largura, criando corredores exclusivos para ônibus coletivo com 3m de largura, e duas faixas para veículos com largura de 3m cada; implanta locais de Abrigo de Passageiros, mantém Ciclovias; redesenha e uniformiza passeios públicos, criando calçadas com 1,80m de largura; cria canteiros com 1,20m de largura ao longo das calçadas para plantio de vegetação; cria 03 bolsões de estacionamento (Norte, Centro e Sul) para veículos automotores de quatro e duas rodas e bicicletas; entre outras ações.
O secretário municipal do Desenvolvimento Urbano, Alexandre Araújo da Silva Lopes, acrescenta que a avenida será complementada até a BR-304, a altura do bairro Belo Horizonte, já que hoje a via morre na Coelho Neto. “Com sua completa implantação, a Rio Branco interceptará Mossoró no sentido Norte-Sul”, destacou.
Alexandre ressaltou que o projeto tem a finalidade de proporcionar o acesso amplo e democrático ao espaço urbano, priorizando o Transporte Urbano Coletivo e o não motorizado, de forma segura e socialmente inclusiva.
O secretário informou que agora vai iniciar o processo de elaboração dos projetos executivos da obra. “O projeto aprovado no Ministério das Cidades é o conceitual e agora vamos iniciar os executivos”, explicou.
Segundo Alexandre, os projetos devem estar prontos em cerca de seis meses para análise da Caixa Econômica Federal e posterior liberação de recursos. “A nossa intenção é iniciar a obra ainda neste ano”, concluiu.
Foto: Gildo Bento (Jornal de Fato)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.