Mossoró: Usuários do sistema de transporte público reclamam da precariedade do serviço

O sistema de transporte público de Mossoró há vários anos tem apresentado problemas no que diz respeito ao cumprimento de horários, condições de conservação de alguns veículos, entre outros. Recentemente, os mossoroenses se mostram descontentes com o aumento da passagem, pois alegam que este não corresponde a melhorias no serviço. No município cerca de 40% dos ônibus vistoriados apresentaram irregularidades.
É o que alega a estudante Júlia Barbosa. De acordo com ela, a população paga caro por um serviço que não é satisfatório. “Os ônibus são bastante antigos, de 2012 para 2013 percebi que poucos veículos foram trocados e algumas melhorias foram efetivadas, como colocação de assento para cadeirantes. Mesmo com a adoção de algumas medidas o serviço está longe de ser o ideal. Outro problema diz respeito ao cumprimento dos horários, a gente espera mais do que o devido nas paradas”, relata a estudante.
Já o universitário Bruno Paulo disse que evita andar de ônibus, justamente pela má qualidade do serviço oferecido. “Busco formas alternativas de locomoção. O transporte público local deixa muito a desejar em relação a horários e conservação dos veículos, o que coloca em risco a segurança do próprio usuário”, relata.
O secretário de Desenvolvimento Urbano, Alexandre Lopes, informou que, durante o processo de vistoria dos 36 ônibus que circulam por Mossoró, aqueles que não apresentarem as mínimas condições para continuar suas atividades terão pedido de substituição imediata. “A vistoria deve ser finalizada dentro de 15 dias, os aspectos negativos que forem detectados, devem ser melhorados. Entramos em contato com a empresa Cidade do Sol, e esta se prontificou a realizar a substituição do veículo, caso haja a necessidade, e a próxima a ser contatada é a companhia Sideral. Queremos traçar um perfil desses transportes para aos poucos sanar os problemas”.
Ele ainda destaca que com o intuito de agilizar a movimentação dos veículos, próxima semana devem ser instalados, em fase de testes, em alguns trechos da cidade, corredores exclusivos para ônibus. “Vamos fazer um estudo para saber quais os principais pontos de movimentação deste meio de transporte no município, como a população vai reagir e interagir. Caso se perceba a possibilidade, o serviço deve ser instalado de forma efetiva. Inicialmente, vamos começar na rua Doutor Mário Negócio. As vias deverão ser sinalizadas com cones nesse primeiro momento”, comunicou Alexandre.
O serviço de monitoramento remoto dos ônibus através de sistema de GPS foi iniciado. A Prefeitura está tendo acesso aos primeiros dados, e a previsão é de que em breve a população tenha acesso a esse serviço, que indicará onde está o veículo, a que horas deve chegar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.