Reordenamento de vias custará R$ 700 mil

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) estuda a possibilidade de integrar os tráfegos nas Avenidas Prudente de Morais e Lima e Silva através do reordenamento dos retornos na área compreendida entre as duas vias. Esta última via seria ampliada para ter os dois sentidos (mão e contramão) em toda sua extensão. Além disso, técnicos da Secretaria avaliam o fechamento da Avenida Jerônimo Câmara no trecho que margeia a Avenida Prudente de Morais, no sentido Centro-Candelária.

Nenhuma destas operações, porém, está confirmada. Entretanto, para estas e outras pequenas obras, a Semob abriu licitação para contratação de empresa de engenharia que deverá executar, por até um ano, pequenas intervenções com vistas à melhoria do tráfego em Natal. O custo do contrato é de aproximadamente R$ 700 mil e a abertura das propostas está marcada para o próximo dia nove de maio, através de pregão presencial.
De acordo com o secretário adjunto de Transporte, Walter Pedro, o contrato será firmado para que, sempre que a Semob necessitar efetuar pequenas obras, já disponha de uma empresa habilitada para executar o serviço e, com isto, não realizar uma nova licitação a cada intervenção. “Será um contrato para execução de obras simples, com projetos previamente avaliados e outros que poderão surgir de acordo com as melhorias propostas ao longo do ano”, comentou Walter Pedro.
Além das intervenções previamente analisadas, a Semob explicou que os recursos servirão, ainda, para a construção de lombadas elevadas, adequação de canteiros e calçadas à acessibilidade e para a abertura e fechamento de retornos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.