Retrô: Os ônibus reestilizados da Itapemirim

Completando 60 anos em 2013, uma das gigantes do transporte rodoviário nacional inovou para comemorar um período tão importante da sua história. Para lembrar tal marca, a empresa capixaba Itapemirim está, desde o início do ano, reestilizando alguns de seus mais modernos ônibus com algumas das pinturas que já usou durante sua existência. Para contarmos um pouco da história do transporte de passageiros e da vida de uma gigante das estradas, os portais UNIBUS RN e Ônibus Paraibanos se uniram para trazer essa matéria especial para você, na edição de hoje da coluna “Retrô”.
Fundada em 4 de julho de 1953, a Viação Itapemirim tem sua sede, desde o início, em Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo. Fundada por Camilo Cola, a empresa é sinônimo de tradição e qualidade no transporte público de passageiros durante toda a sua trajetória. Atualmente, são cerca de 1300 ônibus na sua frota, atendendo linhas em 21 Estados, ligando 2000 cidades. E alguns desses ônibus são muito especiais e, por conta dessa data tão importante, ganharam a chance de mostrar para os mais novos, sendo representados pelos ônibus atuais, como era a Itapemirim antigamente.
Para contar um pouco da história dos originais e dos atuais ônibus, falamos abaixo sobre a trajetória de cada um deles.
731: O primeiro ônibus escolhido para iniciar a série histórica retrata uma das mais famosas pinturas que a Itapemirim já ostentou. Usando o prefixo 731, o primeiro ônibus reestilizado iniciou suas operações em 12 de abril, ligando as capitais paulista e paranaense.
O primeiro ônibus a receber a pintura retrô é um dos mais modernos da frota da Itapemirim. Fabricado em 2011, o ônibus é montado no modelo Paradiso G6 1800 DD, da Marcopolo, com o chassi K380, da Scania. Possui bancada na configuração Executivo.
O retrô com a numeração 731 relembra uma das pinturas mais bonitas da empresa, ela foi usada entre os anos 60 e 70 pelos ônibus da Itapemirim. Até mesmo os caminhões tanque da empresa utilizaram essa pintura, que hoje embeleza esse Marcopolo Paradiso G6 DD. O veículo original é um monobloco Mercedes-Benz O-326 de 1966 que rodava pela BR-101, que acabara de ser asfaltada, na linha Rio de Janeiro / Vitória.
Esta é a terceira empresa em que este ônibus está circulando. Antes da gigante capixaba, este DD já passou pelas empresas ASS Turismo (PR) e Esmeralda Transportes, sediada em Osasco (SP). Nas duas empresas, usou o prefixo 2014.
15: O segundo ônibus a participar da série comemorativa da gigante capixaba retratou um dos primeiros veículos que a Itapemirim já teve. Com o prefixo 15, o ônibus ostentou a primeira pintura que a empresa teve. Ele iniciou suas operações na tarde de 24 de abril, na principal ligação rodoviária do país: São Paulo / Rio de Janeiro.
O ônibus que homenageia um veículo histórico é montado no modelo Paradiso G6 1800 DD, da Marcopolo, com o chassi B12R, da Volvo. Fabricado em 2011, o veículo possui bancada na categoria Leito, trazendo o melhor conforto possível para seus passageiros.
Já o retrô 15 revive um Grassi Jardineira com chassi Mercedes-Benz LP-321 que foi o primeiro ônibus a operar linhas da empresa no ano de 1950. Ele também foi o primeiro a ostentar em sua carroceria o nome da empresa na pintura ainda feita manualmente do pico do Itabira, um dos símbolos da cidade de Cachoeiro do Itapemirim, cidade sede e que batizou um dos maiores grupos empresariais do nosso país.
Antes de rodar pela Itapemirim, o ônibus já operou, assim como o primeiro reestilizado, pelas empresas ASS Turismo, do Paraná, e pela Esmeralda Transportes, de São Paulo. Em ambas, usou curiosamente o mesmo prefixo: 2013.
20001: No dia 18 de maio, o terceiro exemplar da série histórica iniciou suas operações, ligando São Paulo a Curitiba. Com o prefixo 20001, o ônibus homenageia a série Tribus, a mais marcante e conhecida série de ônibus que rodaram (e ainda alguns exemplares rodam) na Itapemirim.
O ônibus que relembra esse clássico das estradas brasileiras está operando nas principais linhas da Itapemirim. No início das suas operações, saindo às 15:00 de 18 de maio da Rodoviária do Tietê, em São Paulo, atraiu as atenções de todos os presentes no local. Tal ônibus continua operando na mesma linha.
O ônibus escolhido para essa homenagem foi fabricado em 2011. É montado no modelo Paradiso G6 1800 DD, da Marcopolo, e usa o potente chassi K380, da Scania.
O original, porém, marcou época. Com sua fabricação sendo iniciada a partir de 1989, o Tribus III, modelo fabricado pela Tecnobus (fabricante de ônibus que pertence a Itapemirim), se tornou um dos mais conhecidos e populares ônibus que o Brasil já viu, ostentando a mais conhecida pintura presente na frota desta gigante capixaba.
O veículo homenageado é único até hoje. Inicialmente, foi mostrado em um anúncio de fim de ano veiculado nos principais jornais e revistas da área de atuação da empresa, ostentando o ano que viria como prefixo: 1990. Pouco tempo depois, ganhou o prefixo 20001, sendo renumerado, posteriormente, para 21001.
Sua singularidade se dá por vários motivos. A montagem da carroceria tem detalhes exclusivos, que não são encontrados nos demais veículos da série Tribus. Além disso, é um dos poucos, se não o único, a possuir um chassi totalmente feito por uma fabricante só: a Scania (K112 TL) – já que a grande maioria dos chassis que recebiam o Tribus tinham peças de diferentes montadoras.
Antes de rodar pela Itapemirim, o atual 20001 também rodou pela paranaense Capanema Turismo, com os prefixos 1920 e 2012, rodando a serviço de contratos de fretamento no Paraná. Rodando na Itapemirim, o veículo está fazendo uma justíssima homenagem a uma geração marcante de veículos que ficará na memória daqueles que rodam pelas estradas brasileiras.
6025: No último dia 15 de julho, mais um ônibus passou a fazer parte da homenagem ao aniversário da Itapemirim. Com o prefixo 6025, o veículo ostenta uma das mais lembradas pinturas da empresa e lembra o início das operações do serviço “Rodonave” – categoria Leito.
Este veículo é montado no modelo Paradiso G7 1800 DD, da Marcopolo, com o chassi K360, da Scania, datado de 2012. Antes da Itapemirim, o veículo operava pela Capanema Turismo, do Paraná, com o prefixo 2012. Apesar de ostentar a nomenclatura do serviço Leito, o veículo possui bancada de ônibus Executivo.
Desta vez o retrô 6025 revive o serviço Rodonave (Leito), com a clássica pintura dos anos 80, ainda em comemoração aos 60 anos da empresa, ao longo desses anos, várias pinturas circularam pelas rodovias de todo o país, levando a consolidada marca da maior empresa de ônibus rodoviário do Brasil, transportando várias pessoas e mudando vidas. O modelo original é um Ciferal Líder com motorização Mercedes-Benz O-355 produzido em 1972, marcando um diferencial no transporte interestadual do nosso país. O veículo trazia inovações como metade das poltronas dos modelos convencionais, ar condicionado, travesseiro, manta entre outros confortos. Inclusive Camilo Cola, proprietário da empresa, possui um similar guardado como relíquia.
Assim como os anteriores, o veículo também está rodando na linha que liga as capitais paulista e paranaense. Suas operações começaram no último dia 15, saindo de São Paulo às 13:00.
577: O último dos ônibus reestilizados iniciou suas operações na semana retrasada. Ostentando a primeira pintura que levava o nome da Itapemirim, o ônibus atual é montado no modelo Paradiso G7 1800 DD, da Marcopolo, e usa o chassi K420, da Scania. Fabricado em 2011, o veículo já pertenceu a empresa Capanema Turismo.
Já o retrô 577 é uma reprodução de 1960. Fazendo homenagem aos 60 anos da Itapemirim, estampando as cores prata e azul, as primeiras da empresa, pode-se dizer que a homenagem ficou linda! Nesta época, havia a pintura do Pico do Itabira nos ônibus, um dos símbolos de Cachoeiro de Itapemirim, e foi também a última pintura antes da consagrada amarelinha. O 577 original era um monobloco Mercedes-Benz O-321 de 1960 sendo um dos primeiros ônibus da marca alemã a ser adquirido pela empresa capixaba.
O ônibus atual está circulando na linha São Paulo / Curitiba, em diversos horários. Sua primeira aparição aconteceu no último dia 17 de julho, no horário das 00:10, partindo do maior terminal rodoviário do país, no Tietê, em São Paulo, rumo à capital paranaense.
Outros ônibus: Com essa excepcional ação para lembrar sua história, há uma certa expectativa para o início da operação de novos ônibus reestilizados. Porém, não há qualquer perspectiva da implantação de outros ônibus lembrando os veículos mais antigos.
Porém, ainda dentro das comemorações dos 60 anos da empresa, a Itapemirim está recebendo vários veículos novos. As fotos deles já circulam em diversos sites especializados e há a informação extraoficial de que eles iniciarão suas operações em agosto. Independentemente da data, o UNIBUS RN e o Ônibus Paraibanos farão uma grande cobertura e mostrarão para você, caro leitor, os novos ônibus da Itapemirim em breve.
Por JC Barboza e Andreivny Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.