Enquete do Senado mostra apoio de 48% dos internautas para passe livre

Sondagem feita pelo Senado com internautas aponta que 48,5% dos consultados apoiam o passe livre estudantil com financiamento dos royalties do petróleo. A pesquisa, sem valor científico, foi feita para medir a reação de quem visita o site da Casa em relação às pautas das manifestações nas ruas iniciadas em junho.
A proposta de transporte público gratuito para todos os estudantes do país foi uma das principais propostas anunciadas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), como resposta aos protestos, iniciados em São Paulo contra aumento da passagem de ônibus.
A consulta foi feita na segunda quinzena de julho, quando já havia diminuído a força das manifestações. A pesquisa, dirigida a pessoas que já entraram em contato com o Senado e disponibilizada também em sites e redes sociais, teve a participação voluntária de 9.064 internautas.
Apesar de não representar a população brasileira nem refletir com precisão as posições na sociedade, para o Senado, a enquete registra o sentimento do grupo de usuários de internet e redes sociais.
Entre os internautas que participaram, a proposta do passe livre estudantil teve maior aceitação entre os jovens de 16 a 19 anos. 54% dos 174 internautas dessa faixa etária se mostraram favoráveis ao projeto. Na faixa acima de 60 anos, que teve a participação de 1.458 usuários da internet, a aprovação à proposta foi a mais baixa e ficou em 44,5%.
O projeto do passe livre ainda avança com dificuldade no Senado por falta de acordo quanto à origem dos recursos para bancar o alto custo. Nesta semana, os senadores aprovaram que o projeto siga para Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania antes de ser analisada no plenário, como estava previsto inicialmente.
Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.