Aumento da passagem intermunicipal pega usuários de transporte de surpresa

Os passageiros do transporte intermunicipal foram surpreendidos pela decisão do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER/RN) que aumentou o preço das passagens de ônibus que fazem o transporte entre os municípios. Muitos só foram informados do novo valor quando entraram no ônibus.
Foi o que aconteceu com o personal trainer Flávio Moura, que usa a linha de Macaíba – Natal. “Quando fui pegar o ônibus, achei estranho o valor. Aí o motorista disse que era mesmo R$ 3,10″, contou. A tarifa anterior era de R$ 2,80. Ele também criticou a forma como o reajuste foi levado à população. “Acho que poderiam comunicar as pessoas bem antes”, sugeriu.
Além disso, Moura não considera que a tarifa esteja à altura do serviço prestado pelas empresas de ônibus. “Está faltando muita coisa, mais ônibus. Só passa de hora em hora”, disse poucos minutos depois de ter perdido um ônibus.
O letrista Tárcio Gameleira também foi surpreendido. “Soube hoje quando vi no ônibus”, contou. Até ontem ele pagava R$ 2,30 na linha “E” Parnamirim-Natal. Do dia para a noite, a passagem aumentou para R$ 2,50. Para ele, o processo de aumento da tarifa de um serviço público como o transporte poderia ser feito de forma mais democrática. “Era pra ter alguma reunião com conselhos comunitários antes, ou colocar algum aviso dentro dos ônibus”, opinou.
Na visão do letrista, dificilmente o reajuste virá acompanhado de alguma melhoria no serviço de transporte intermunicipal. “A gente passa muito tempo esperando nas paradas. Não se tem consideração com o passageiro”, expôs.
Para não ser expulso do ônibus sem o dinheiro da passagem, o marido da dona de casa Damiana Olímpio ligou para ela antes. Uma vez por semana a dona de casa sai para ficar como acompanhante de um tio internado em Natal. “Na verdade, eu soube hoje porque o meu marido me ligou antes de eu pegar o ônibus. Era para ter dado um tempo não deveria ser de repente. Vai que uma pessoa sai só com o dinheiro contado”, disse.
De acordo com decreto publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), os preços das tarifas ficaram da seguinte forma: Natal – Alcaçuz, R$ 3,30 qualquer uma das três variações de itinerário; Natal – Barra do Rio (via contendas), R$ 3,70; Natal – São José de Mipibu (via túnel da UFRN), R$ 4,40; São José de Mipibu – Natal (via TRN), R$ 5; Macaíba – Natal, R$ 2,90.
As linhas que ligam Natal a Parnamirim C, E, L, C1, C2, C3, C4 e D terão tarifa de R$ 2,50. As linhas A, J, F1, PN e Natal/Extremoz tem agora a tarifa de R$ 2,90. Os ônibus do percurso Natal – Macaíba, Natal – Vila de Fátima, Natal – Pirangi, Natal – Parnamirim via Alecrim ficaram com o preço de R$ 3,10. Tiveram o valor elevado para R$ 4, as seguintes linhas: Natal – Ceará-mirim, Natal-Pitangui, Natal-Jacumã, Natal-Trairas.
A tarifa mais cara será para os passageiros que precisaram pegar os ônibus com os seguintes destinos: Natal – Nísia Floresta, Natal – Barreta, Natal -Tabatinga, Natal – Coqueiros e Natal – Monte Alegra. Para esses destinos, o valor ficou em R$ 5.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.