Associação de cegos quer poltronas de volta à parte de trás dos ônibus

Ilustração/UNIBUS RN
A Sociedade dos Cegos do Rio Grande do Norte (Socern) enviou nesta quinta-feira (1º) oficio à Câmara Municipal de Natal (CMN) e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) para que poltronas preferenciais retornem à parte traseira dos ônibus em Natal. De acordo com a instituição, os deficientes visuais enfrentam maiores dificuldades desde que os assentos foram postos mais próximos do motorista.

“Nós solicitamos a relocação dos assentos, pois não faz mais sentido os assentos de prioridade ficarem próximos às catracas. Isso dificulta a nossa mobilidade quando vamos descer do coletivo. Até acidentes vêm acontecendo com alguns deficientes visuais devido esta realidade nos nossos transportes”, informou o presidente da Socern, Ronaldo Tavares.
O titular da associação também embasou o pedido argumentando que o fluxo foi invertido fazendo com que a população embarque pela frente do coletivo e desembarque pela traseira, o que dificulta o tráfego dos portadores de deficiência, inclusive quando os coletivos estão lotados.
Outros pontos foram pedidos no documento como a abertura das portas do meio, destinadas aos cadeirantes, o aumento do volume do bip devido ao grande ruído e que a máquina sempre esteja do lado esquerdo.
Portal no Ar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.