Rio de Janeiro: Polícia leva mais de 20 taxistas para delegacia por ‘golpe do taxímetro’ no Galeão

Mais de 20 taxistas que atuam no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, no Rio de Janeiro, foram encaminhados para a delegacia, na sexta-feira, 01 de fevereiro. De acordo com a Polícia Civil, eles utilizavam um dispositivo para fraudar os valores das corridas através do taxímetro.
Motoristas de táxi utilizavam um dispositivo para fraudar os valores das corridas através do taxímetro – Divulgação Polícia Civil RJ
Foram denunciados e identificados 16 veículos com o aparelho, e sete carros foram apreendidos. No entanto, segundo a polícia, somente uma pessoa ficou presa. Os motoristas vão responder por crime contra relação de consumo. A operação foi nomeada de Bandeira Multiplicada. 
Ainda segundo os agentes, as investigações começaram em agosto de 2018, após denúncias de passageiros e da prisão em flagrante de um motorista. O grupo de taxistas monitorava as ações da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) e da Secretaria de Estado da Polícia Civil (Sepol), por meio de mensagens de telefone, formando uma associação para cometer os crimes.
O DIA
Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *