Governo paulista quer ajudar a Ford a encontrar comprador

Em reunião com representantes da empresa, governador de São Paulo e o prefeito de São Bernardo discutiram saídas para evitar o fechamento da fábrica de caminhões
O governo de São Paulo se propôs a buscar uma saída para a Ford, cujo board anunciou nesta semana a intenção de encerrar as atividades da planta de São Bernardo do Campo, que abriga a produção de caminhões e ainda do Fiesta. Em reunião ocorrida ontem (21) com os diretores da empresa, o governador João Doria, acompanhado do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, discutiram maneiras de evitar o fechamento da planta.
Foto: Palácio do Planalto/VisualHunt – Ilustração/UNIBUS RN
No encontro, Doria se comprometeu a buscar um comprador para o parque fabril, seja no país ou no exterior. Em nota, a Ford informou que vai atuar com o governo do Estado para encontrar, “com urgência”, um comprador para a fábrica. Segundo o governador, as reuniões com os possíveis compradores devem acontecer a partir da próxima semana.
Se não houver solução para a planta, o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC afirma as demissões vão alcançar 3.200 funcionários diretos e cerca de 1.000 terceirizados. Nas contas da prefeitura de São Bernardo, os prejuízos com o fechamento da fábrica vão além da questão do emprego. A decisão deve provocar um impacto na arrecadação de cerca de R$ 18 milhões. “São R$ 4 milhões de Imposto sobre Serviços (ISS) e outros R$ 14 milhões de Impostos sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS)”, explicou.
Frota & Cia
Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *