Vendas de ônibus no Brasil crescem 71,4% no primeiro trimestre, aponta Fenabrave

As vendas de ônibus no Brasil cresceram 71,4% no primeiro trimestre deste ano, segundo um levantamento divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) nesta quarta-feira, 03 de abril de 2019.
Foto: Reprodução/Ônibus Brasil
Os três primeiros meses de 2019 resultaram na venda de 6.195 veículos, enquanto o mesmo período de 2018 teve apenas 3.615 ônibus vendidos.
O presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção, avaliou que o desempenho de vendas dos ônibus foi o mais surpreendente do mercado neste primeiro trimestre.
“O que estimulou muito as vendas de ônibus neste trimestre foram o programa Caminho da Escola e as licitações no municípios para renovar as frotas urbanas. Diante disso, melhoramos a nossa projeção de vendas de ônibus para este ano. Estimamos um aumento de 20,19%, antes a nossa expectativa era de 17,9%. Com isso, devem ser vendidos 23 mil ônibus”, avaliou.
Em março deste ano, foram 2.005 emplacamentos de ônibus comparados a 1.339 no mesmo mês de 2018. A variação representa um aumento de 49,7%.
Confira o ranking de marcas:
De acordo com a Fenabrave, a Mercedes-Benz liderou todo ano de 2018 o mercado de ônibus e fechou o acumulado com 58,48% de participação no mercado e 11.198 unidades emplacadas no mercado nacional.
Neste ano, nada mudou com relação à liderança da marca, que segue em primeiro lugar com grande vantagem à frente da concorrente Volkswagen.
USADOS
Em usados, o mercado de ônibus também apresentou variação positiva no primeiro trimestre de 2019. Ao todo, foram 12.924 unidades seminovas comercializadas, representando uma alta de 13,04% comparada às 11.433 dos primeiros três meses de 2018.
O mês de março, por sua vez, apresentou uma queda de 5,02% no número de vendas de ônibus usados, passando de 4.164 no ano passado para 3.955 neste ano.
Diário do Transporte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.