Crise leva Metalpar, joint venture com Marcopolo, a fechar fábrica na Argentina

O maior fabricante de carrocerias de ônibus da Argentina, a Metalpar, anunciou o fechamento de suas portas da fábrica em Loma Hermosa, onde eram produzidas 12 carrocerias por dia. As informações são do site de notícias “Motorpress Argentina Camiones”.
Carroceria Metalpar. Foto: Motorpress Argentina
A planta era uma joint venture entre a Metalúrgica Paredes do Chile e a Marcopolo do Brasil. Sua sede é em Loma Hermosa, onde produzia carroceria para ônibus urbanos. Segundo fontes do setor de autopeças que forneciam para a Metalpar, as taxas de juros afetaram fortemente a renovação das unidades por parte de empresas coletivas e isso afetou o negócio da Metalpar. Verificou-se que os proprietários estão analisando a produção contínua, mas em menor volume e em outra planta que eles têm.
A empresa já havia reduzido o pessoal no ano passado, e isso acendeu o alarme. Agora, foram demitidos 600 funcionários.
Os proprietários da Metalpar também são proprietários da Metalsur, com sede em Villa Gobernador Gálvez (Santa Fé), uma empresa que produz carrocerias para ônibus rodoviário. O grupo comprou 51% da firma de Santa Fe em 2012 e também no ano passado mostrou sérios problemas de produção e também fez demissões.
Transporte Mundial
Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *