As cidades com o transporte público mais caro do mundo

Neste mês, o banco alemão Deutsche Bank divulgou a 8ª edição anual de sua lista de preços e padrões de vida em vários países e cidades ao redor do mundo. A pesquisa analisou a média de custo de diversos produtos, como um iPhone XS e uma garrafa de dois litros de Coca-Cola, e serviços, como transporte público, em 55 grandes cidades. O ranking proporciona uma visão ampla das disparidades entre os centros urbanos.
Foto: Marcelo Brandt/G1 – Ilustração
Na categoria de transporte público, a pesquisa avaliou o preço do bilhete mensal. Neste ano, Londres ficou no topo da lista, com uma passagem de US$ 179 por mês. Capital da Irlanda, Dublin ocupa o 2º lugar, com um bilhete mensal médio em torno de US$ 128. Auckland, na Nova Zelândia, completa o Top 3, com um custo de US$ 125,70. Em 4° lugar, Tóquio é a cidade asiática com o transporte público mais caro: US$ 123,10. Nova York, onde o bilhete custa US$ 121, ocupa o 5° lugar e é a cidade norte-americana com o maior custo.
Duas das principais capitais brasileiras, São Paulo e Rio de Janeiro também apareceram no ranking do Deutsche Bank, na 29ª e 33ª posições respectivamente. Veja, abaixo, as 10 cidades com o maior custo de transporte público por mês:
1. Londres (Reino Unido): US$ 179,40

2. Dublin (Irlanda): US$ 128,10

3. Auckland (Nova Zelândia): US$ 125,70

4. Tóquio (Japão): US$ 123,10

5. Nova York (Estados Unidos): US$ 121

6. Sydney (Austrália): US$ 120,60

7. Wellington (Nova Zelândia): US$ 113,10

8. Toronto (Canadá): US$ 107,50

9. Chicago (Estados Unidos): US$ 107

10. Melbourne (Austrália): US$ 102,30


29. São Paulo (Brasil): US$ 55,70

33. Rio de Janeiro (Brasil): US$ 51,90
Forbes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.