As principais novidades na frota de ônibus potiguar

Desde a semana passada, a frota de ônibus potiguar têm sido destaque por novidades que passaram a integrar as empresas. Já há registro dos novos ônibus comprado 0km pelas empresas Guanabara e Santa Maria – uma unidade para cada – e veículos seminovos também na Guanabara, além da Nossa Senhora da Conceição, e também na empresa Barros, que atua no fretamento. Além disso, também entraram em operação veículos na frota da Trampolim da Vitória, também seminovos.
Leia também:
Além dos veículos já citados e apresentados no Portal UNIBUS RN, as principais novidades estão por conta do transporte opcional intermunicipal, com uma unidade do Fly 10, e com a empresa Master Locações, de Mossoró, que adquiriu um Torino S.
No caso do Volare, o micro opera a linha Natal/Santana do Matos, via Lajes, ligando a capital do RN aos municípios da região central potiguar. É o primeiro modelo da linha Fly 10 no sistema intermunicipal, inclusas as modificações anunciadas pela Volare no ano passado, quando o modelo deixou de se chamar “WL” e recebeu mudanças no visual.
O novo microônibus do sistema intermunicipal conta com ar-condicionado e janelas de vidros colados, ofertando maior conforto aos usuários.
Semelhante ao Volare Fly 10, quem também vem equipado com ar-condicionado é o Torino S comprado pela Master, de Mossoró. O ônibus, aliás, tem toda estrutura do sistema municipal do Rio de Janeiro – pintura padronizada do Consórcio Internorte, e numeração da empresa Três Amigos. Porém, o ônibus foi comprado 0 km. Ele foi encarroçado sob o chassi OF-1721, da Mercedes-Benz.
Isso porque o veículo não foi incorporado pela empresa carioca, tendo ficado na própria Marcopolo para demonstração, desde sua fabricação. O ônibus conta com três portas, itinerários digitais, configuração interna do sistema da capital carioca, além do ar-condicionado já citado. Ele foi comprado assim mesmo pela Master, e deverá passar por mudanças antes do início das operações – voltada para o transporte de saúde municipal, na segunda maior cidade do RN.
Uma outra novidade fica por conta do transporte Escolar da Prefeitura de Natal, que adquiriu um microônibus Thunder Way, da Neobus, com chassi Volkswagen 8-160 OD. O ônibus faz parte do programa Caminho da Escola.
Foto: Manoel Barbosa/Prefeitura do Natal
Já no transporte urbano da capital, quem segue renovando a frota a todo vapor é a empresa Conceição. Além dos veículos já incluídos na frota desde o último mês, mais ônibus iniciaram suas operações nos últimos dias, retirando de circulação veículos mais velhos. A principal opção da empresa é pelo Torino, comprado da empresa Vitória, de Caucaia, no Ceará.
Os ônibus têm chassi Mercedes-Benz OF 1722, e já há o registro de pelo menos sete veículos: 4210, 4211, 4212, 4213, 4214, 4217 e 4218. Cinco deles já estão em operação na linha 21- Felipe Camarão/Areia Preta.
Leia também:
Na grande Natal, a empresa Trampolim da Vitória, principal operadora da região metropolitana, com grande atuação nos municípios vizinhos a capital e ligação entre Parnamirim, Macaíba e São Gonçalo do Amarante até Natal, tem colocado mais alguns dos Apache VIP III nas ruas.
Os últimos a entrar em operação foram os veículos 300, 301, 303 e 307. O destaque fica por conta do 303, que tem operado a linha G – Macaíba/Natal, via BR-226, e é o primeiro destinado a uma linha que não tem como destino final o município de Parnamirim – até então, todos os VIP III estavam operando as linhas B – Parnamirim/Natal, via Alecrim, e J – Parnamirim/Natal, via Passagem de Areia/Rodoviária.
Leia também:
Renovação: VIP I da Litorânea está com os dias contados
Além deles, há expectativa para que, nas próximas semanas, entrem em operação os primeiros VIP III da empresa Litorânea. 10 veículos também vão ser destinados a operação da viação, que tem atuação intermunicipal, ligando São José de Mipibu e Nísia Floresta a Natal, além de operar outras linhas da região. O grupo empresarial a qual a Litorânea faz parte têm se dedicado a reforma dos ônibus tanto em diversas frentes de trabalho, modificando a pintura e configuração interna dos veículos – que também recebem catraca junto a porta traseira, já que a tarifa é debitada de acordo com o trecho em que o usuário utiliza, garantindo economia e agilidade aos usuários, especialmente os que utilizam o RN CARD, sistema de bilhetagem aceito na empresa.

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *