Moradores revitalizam ponto de ônibus e livros, flores e plantas amenizam espera de passageiros

Uma parada de ônibus localizada na Avenida Antônio Coelho de Carvalho, no bairro Trem, Zona Central de Macapá, passou a mudar o humor e o astral de quem diariamente espera o coletivo no local. O ponto ganhou pintura, decoração com plantas e um espaço para leitura, com livros e revistas doados.
Parada de ônibus reformada fica ao lado da escola Dom Aristides Piróvano — Foto: Caio Coutinho/G1
A iniciativa foi dos moradores da via, que devido ao abandono, resolveram mudar a aparência do espaço. Desde 26 de outubro, eles alternam as etapas da reforma nos finais de semana. Mais recente, houve a instalação de uma câmera de monitoramento para dar segurança a quem espera.
A autônoma Valdineia Santos, de 44 anos, conta que a intervenção é uma vontade antiga dela. Moradora da via desde que nasceu, lembra que sempre pegou ônibus na parada, que estava suja e deteriorada. A intervenção aconteceu com apoio da família e mais alguns vizinhos.
“Cada um contribuiu para a reforma da parada, doando o que podia. Antes era escuro, sujo e tinha até vândalos. Agora colocamos iluminação, lixeiro e fechamos com grade de madeira atrás para as pessoas não fazerem as necessidades aqui”, detalha.
Valdineia destaca a continuidade da reforma e que ainda faltam pintar o chão e colocar uma rede de internet sem fio gratuita para que a espera das pessoas seja com mais conforto. A força-tarefa espera implantar também uma brinquedoteca para o público infantil.
“Queremos que outros bairros tenham a mesma iniciativa, que não fiquem só esperando pela gestão pública, reformamos com intuito de fazer o bem, sem cobrar”, completa.
O idoso Jesus Fonseca, de 72 anos, diz que nunca viu nada parecido na cidade e que agora a espera pelo ônibus fica muito mais confortável com um lugar limpo e atraente.
“Eu uso pouco o transporte público, mas estou bastante impressionado, tá bem limpinho aqui, dá até para esperar o ônibus sem reclamar”, brinca Fonseca.
G1 AP – Macapá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.