No Ceará, condenados no semi-aberto e aberto terão transporte público gratuito

Na última quarta-feira (4), na sede do Tribunal de Justiça do Ceará, foi assinado um convênio entre o TJCE e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Ceará (Sindiônibus), garantindo gratuidade nas passagens de ônibus para condenados penais que se encontrem nos regimes aberto, semi-aberto ou em liberdade condicional.
Ilustração/Arquivo – UNIBUS RN
O documento foi assinado pelo presidente do Tribunal, o desembargador Washington Araújo, e pelo presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira,  e oferece o benefício para os apenados que se encontram em “situação de extrema vulnerabilidade”.
As autoridades responsáveis pelo convênio acreditam que a parceria entre os órgãos vai auxiliar no cumprimento de atividades de ressocialização dos apenados no deslocamento para cursos de níveis fundamental e médio, além de atividades de capacitação profissional.
De acordo com o TJCE, o benefício será para os apenados participantes do programa de assistencia social “Um Novo Tempo”. De todos os 250 participantes, apenas 30 deverão ter acesso gratuito ao transporte público.
O ato foi assinado na presença de pelo menos três juízes das Varas de Execuções Penais de Fortaleza, resposáveis por acompanhar os projetos de ressocialização de presos no Estado do Ceará.
Novo Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.