Quer fugir do tumulto de ano novo? Vá de ônibus para um lugar bem sossegado!

No fim do ano você fica com aquela vontade de descansar a cabeça e deixar para trás o caos da cidade grande? Vem com o Juntos a Bordo conferir cinco destinos maravilhosos para deixar 2019 para trás e entrar em 2020 com pé direito para cima, numa rede, ou nas areias de uma praia de água incrível! Sem tumulto, sem perrengue na hora de comprar a passagem e com conforto nos percursos de ida e volta garantido!

Bonito, Mato Grosso do Sul: O destino ideal para quem curte ecoturismo. Há uma variedade de lagos, grutas, cachoeiras e rios para lavar a alma e entrar no ano novo com as energias renovadas e a mente descansada. Bonito é o lar de belezas estonteantes como a  Cachoeira Boca da Onça, a maior do Mato Grosso do Sul, o abismo Anhumas, a Gruta da Lagoa Azul e os rios Sucuri e da Prata, onde o visitante pode fazer as flutuações e conhecer a fauna e a flora sob as águas cristalinas. Integrante do movimento Juntos a Bordo, a Auto Viação Cruzeiro cuida do percurso de Campo Grande ou Corumbá a Bonito. A sua tranquilidade já começa por aí, ao saber que vai viajar com com conforto e segurança.
Parque Nacional dos Aparados da Serra, Rio Grande do Sul: Essa é a pedida para quem quer contemplar a grandiosidade da natureza, com a vastidão de seus cânions, enquanto desfruta hotelaria de qualidade, gastronomia gaúcha e, é claro, uns bons vinhos. Há cidadezinhas próximas com programações culturais e gastronômicas igualmente encantadoras – e tranquilas –, como Cambará do Sul.  Como o parque é uma unidade de conservação de proteção integral, o sossego é garantido – ainda mais se você escolher os ônibus da Unisul e da União para chegar lá. Afinal, quem faz parte do movimento Juntos a Bordo treina seus motoristas e mantém os ônibus em perfeito estado de conservação e funcionamento.
Canindé de São Francisco, Sergipe: Este destino é para quem quer virar o ano longe de festas e cheio de novas aventuras. Além de ser um baita passeio cultural, por conta do passado rico de  histórias do cangaço, as deslumbrantes paisagens e formações rochosas são banhadas pelo rio São Francisco.
Por conta do represamento das águas do rio para a construção da Usina Hidrelétrica de Xingó, os visitantes podem conferir, em um passeio a barco, incríveis formações rochosas. É lá também que Vale dos Mestres, em que podem ser apreciadas pinturas rupestres de cerca de 3 mil anos.
Para chegar a Canindé de São Francisco, é preciso pegar um ônibus na rodoviária de Aracaju – a Rota Transportes, que faz parte do Juntos a Bordo, garante uma viagem segura e confortável até “o oásis do sertão sergipano”.
Alter do Chão, Pará: Quer passar a virada do ano em uma praia de beleza extasiante, sem fogos de artifício e multidões? Pois é só embarcar em um ônibus com destino a Alter do Chão, no Pará. Eleita pelo The Guardian a praia de água doce mais bonita do mundo, a atração dispõe de infraestrutura charmosa para os visitantes. A culinária local é exótica, mas tem diversas opções gastronômicas para os menos curiosos. Há uma variedade de opções para se divertir por lá: com um trilha de uma hora o turista chega à serra da Piraoca, o ponto mais alto da região, e desfruta uma vista e tanto de Alter do Chão, do Lago Verde, do Rio Tapajós e da Ponta do Cururu, todos lugares incríveis de conhecer. Santarém é a base de deslocamento até a cidade – e dizem que o melhor a fazer é ir de barco até Alter. Para chegar a Santarém via Belém, aposte na Viação Ouro e Prata, que faz parte do movimento Juntos a Bordo.
Extrema, divisa de Minas Gerais com São Paulo: Essa é a boa para os ecoesportistas, que não curtem grandes festas mas adoram acordar cedo para aproveitar o dia. Nesta cidade, a Rosa dos Ventos simboliza as cinco opções de rotas: das Águas,  das Rosas, das Pedras, do Sol e do Vento. Na Rota das Rosas fica a infraestrutura da cidade, com artesanatos, gastronomia, hotéis e pousadas. É por lá também que se chega ao Parque Municipal da Cachoeira do Jaguari, frequentado por quem curte um bom rafting. A Rota das Águas leva ao Parque Municipal da Cachoeira do Salto e à Cachoeira do Salto Grande – e à Prainha, um pequeno paraíso de água doce onde ainda é possível visitar um tanque de tilápias. Nesta rota ainda é possível chegar ao Pico do Lobo Guará, o lugar certo para quem quer praticar voo livre. Para quem curte um ventinho no rosto, há dezenas de opções de rapel, trilha e voo livre na Rota dos Ventos e do Sol.
Para ir de São Paulo a Extrema, a Útil oferece linhas semanais – confira direitinho a melhor data e boa viagem!
Só de imaginar você já que estar lá? Então compre as passagens e se concentre na imagem mental das merecidas férias toda vez que parecer que ainda falta muito para o ano acabar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.