Produção de ônibus tem queda de 3% em todo o ano de 2019, segundo Anfavea

A produção de ônibus em todo o ano de 2019 apresentou uma queda de 3% se comparada ao ano anterior. Os dados são da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) e foram divulgados na terça-feira, 07 de janeiro de 2020.
Foto: Ilustração/Arquivo/Ônibus Brasil
No ano passado, foram 27.668 unidades produzidas, comparadas a 28.536 em 2018, ou seja, foram 868 chassis a menos de um ano para o outro, segundo a associação.
Na produção de ônibus rodoviários, a queda foi mais expressiva, de 11,8%, passando de 6.100 unidades para 5.380. Por sua vez, em urbanos, a queda foi de 0,7%, de 22.436 para 22.288 chassis produzidos respectivamente em 2018 e 2019.
EXPORTAÇÕES
Os resultados em exportações de ônibus, segundo a Anfavea, também não foram positivos. Em 2019, houve uma queda de 21,6% no número de chassis vendidos para o exterior, em comparação ao ano anterior.
Em 2018, foram 9.101 ônibus exportados, sendo 2.884 rodoviários e 6.217 urbanos. Por sua vez, no ano passado, foram 7.136 chassis, divididos em 2.691 rodoviários e 4.445 urbanos.
LICENCIAMENTO
Ao contrário dos resultados de produção, de acordo com a Anfavea, o número de licenciamentos de ônibus nacionais apresentou um aumento de 38,8%, passando de 15.078 unidades para 20.931.
A Mercedes-Benz foi a marca líder do ano de 2019, entre as montadoras. Confira o ranking de marcas, de acordo com a Anfavea:
1º) Mercedes-Benz: 11.146 unidades, alta de 49,5%
2º) MAN/Volkswagen: 5.509 unidades, alta de 61,2%
3º) Agrale (inclui os miniônibus da Volare): 2.229 unidades, alta de 20,6%
4º) Volvo: 744 unidades, alta de 73%
5º) Scania: 901 unidades, alta de 18,6%
6º) Iveco (inclui os miniônibus CityClass): 253 unidades, queda de 75,1%.
VENDAS
Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, ao contrário da produção, as vendas de ônibus acumulam alta de 38,94% em todo ano de 2019, segundo levantamento da Fenabrave (Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos), que reúne concessionárias e revendedoras.
Diário do Transporte
Compartilhe esta matéria

Administração UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *