Prefeito de Porto Alegre convida prefeitos para debater transporte metropolitano

O prefeito Nelson Marchezan Júnior convidou o presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal), Miki Breier, prefeito de Cachoeirinha, e os demais prefeitos da Granpal para uma reunião na próxima semana para discutir o futuro do transporte coletivo da Região Metropolitana. Ao explicar o pacote de projetos enviados à Câmara, que inclui a cobrança de uma tarifa para veículos entrarem na cidade, Marchezan quer aproveitar para ampliar o debate sobre a mobilidade urbana e o custo para os cidadãos mais humildes.
Prefeitura quer cobrar tarifa para veículos entrarem na cidade. Valores serão destinados para subsidiar o transporte na capital. Foto: Artur Backes/Ônibus Brasil/Ilustração
A gestão municipal propõe que veículos vindos de outras cidades paguem o valor de R$ 4,70 para entrar e sair quantas vezes quiserem de Porto Alegre, valor este que é igual a passagem de ônibus paga hoje na cidade, ou o equivalente a um litro de gasolina. Um cidadão que vem de ônibus da cidade de Cachoeirinha, por exemplo, paga cerca de R$ 16 ida e volta. Se ele precisar fazer isso, mais de uma vez, este valor pode chegar a R$ 32. Todos os valores de uma viagem apenas de vinda das cidades da região são superiores aos R$ 4,70 propostos.
O prefeito Nelson Marchezan Júnior destaca que a discussão precisa ser mais técnica do que política, e que a sociedade que está se manifestando não é a parte mais pobre. “Quando a gente compara o valor sugerido com uma passagem de ônibus, percebe que realmente a passagem é elevada. Se alguém que tem veículo não quer pagar R$4,70, imagina o peso disso para alguém que mora na periferia dos municípios da Região Metropolitana.”, explica Marchezan.
Com o intuito de qualificar ainda mais o debate e deixar as discussões no campo técnico, longe dos interesses eleitorais, também serão chamados para a reunião representantes do Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Estadual, Metroplan, Associação dos Transportadores de Passageiros e Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros .“Se a preocupação for seletiva, apenas com os que têm condições de andar de carro, que poluem e congestionam a cidade ainda mais que os 1.500 ônibus que entram várias vezes diariamente em Porto Alegre, esse debate está incompleto”, completa.
Veja abaixo o valor das passagens nas cidades da Região Metropolitana:
Prefeitura de POA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.