MG: Usuários podem denunciar ônibus que não atendem às medidas de proteção contra a transmissão do Coronavírus

MG: Usuários podem denunciar ônibus que não atendem às medidas de proteção contra a transmissão do Coronavírus

Por G1 MG
Foto: Kleisson dos Santos (Ônibus Brasil)

O decreto com medidas para evitar a transmissão do coronavírus nos ônibus de Belo Horizonte começou a valer desde a segunda-feira (25). Entre as determinações estão o número de passageiros de cada viagem que deve ser reduzido, sendo permitidas viagens com passageiros em pé, mas com um limite máximo de 20 para o ônibus articulado, 10 para o ônibus convencional e 5 para o mini ônibus, além da sinalização nos veículos com os locais de posicionamento dos passageiros em pé.

As concessionárias devem disponibilizar recipientes com álcool em gel em todos os ônibus para os usuários e para os operadores e intensificar a higienização nos veículos e equipamentos das estações. Os usuários do transporte coletivo também devem adotar algumas medidas preventivas, como evitar conversar durante as viagens, usar a máscara sobre o nariz e boca nos ônibus e nas estações e priorizar o pagamento com cartão BHBus. Idosos e pessoas em grupos de risco devem evitar o uso do transporte nos horários de pico.

A BHTrans fará a fiscalização das linhas para garantir que as medidas sejam cumpridas, mas qualquer pessoa pode denunciar. As reclamações podem ser registradas no portal da prefeitura, na seção fale conosco e pelas redes sociais. O usuário também pode fazer a avaliação da sua linha de ônibus pelo PBH APP.

A norma começa a valer no mesmo dia de flexibilização do comércio, o que aumenta a demanda para o transporte público. Nesta fase o horário da operação será entre 4h e 24h nos dias úteis e sábados, e entre 5 e 24h aos domingos e feriados.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *