Em São Paulo, órgão gestor do transporte suspende 13 mil cadastros do Bilhete Único do Idoso por irregularidades

Em São Paulo, órgão gestor do transporte suspende 13 mil cadastros do Bilhete Único do Idoso por irregularidades

Da Revista do Ônibus
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil – Ilustração/Fotos Públicas

A SPTrans informa que, dando sequência à análise cadastral do Bilhete Único Especial Idoso com os dados da Receita Federal, foram identificados 13.055 cartões com divergências. Por esse motivo, os cartões começaram a ser bloqueados no dia 11 de junho. Os detentores destes cartões deverão regularizar a situação cadastral junto à Receita Federal. Para isso o usuário pode consultar a situação cadastral do seu CPF através do link https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/ConsultaSituacao/ConsultaPublica.asp.

Entre as divergências, foram identificados 10.651 bilhetes de outros tipos (Comum/VT/Estudante) vinculados ao CPF do idoso falecido; 1.868 cartões cujo titular tem menos de 60 anos; 254 CPFs não encontrados na base da receita; e 264 CPFs com multiplicidade.

O cruzamento dos dados da SPTrans com os da Receita Federal é uma forma de garantir que o benefício seja utilizado por quem, de fato, tem o direito. Vale ressaltar que os idosos, mesmo sem o Bilhete Único, podem viajar gratuitamente e descer pela porta da frente dos ônibus apresentando apenas o RG ao motorista.

Além dos cartões cadastrados em CPFs de pessoas idosas falecidas, a SPTrans passará a bloquear os bilhetes que apresentarem divergências de dados, como CPF cancelado, nulo ou com titularidade diferente na base de dados da Receita.

Em caso de dúvidas, o beneficiário do Bilhete Único Especial Idoso pode entrar em contato com a SPTrans por meio do e-mail [email protected] e solicitar, se necessário a atualização cadastral, enviando uma foto do documento original, oficial, com foto atualizada e uma foto pessoal para identificação.

Com informações da Prefeitura de São Paulo

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *