Google Maps apresenta recurso para evitar aglomeração no transporte público

Google Maps apresenta recurso para evitar aglomeração no transporte público

Por UNIBUS RN
Foto: Júnior Mendes/Ilustração

A mais nova atualização Google Maps apresenta novos recursos para ajudar as pessoas a encontrar, de forma mais rápida, informações importantes para seu trajeto, seja a pé, de carro ou de transporte público. Com a atualização do aplicativo, o usuário cria um trajeto na plataforma, e o Google Maps avalia seu ponto de partida e de chegada, e todo o caminho entre eles.

Na mais recente atualização, com a base de dados atualizada dos departamentos de trânsitos, a plataforma vai exibir alertas para esse trajeto escolhido, informando se há restrições de circulação e alertando sobre a obrigatoriedade de uso de máscara no transporte público, por exemplo.

De acordo com o Google, a atualização estará disponível para os seguintes países: Brasil, Argentina, Austrália, Bélgica, Colômbia, França, Índia, México, Holanda, Espanha, Tailândia, Reino Unido e Estados Unidos.

Além disso, a atualização também conta com informações para que for cruzar fronteiras internacionais – recurso disponível inicialmente nos EUA e Canadá. Nesta etapa, serão exibidas informações dos pontos de verificação de saúde e sobre possível restrições relativas à Covid-19 em cada país.

Lotação no transporte público

A nova atualização do Google Maps também está mais colaborativo, e permite que os usuários possam informar se o transporte está ou não lotado. A mudança garante maior agilidade e ajuda a outras passageiros a evitar estações e vagões de trens lotados, por exemplo.

Para obter a informação, é preciso clicar em “Rotas”, seguir até “Informações de trânsito” e verificar a lotação. O usuário também pode compartilhar a experiência pessoal e contribuir com a atualização da plataforma.

No último mês de fevereiro, quando completou 15 anos de existência, o Google Maps incluiu informações como temperatura, acessibilidade e segurança a bordo do transporte público, inclusive em vagões reservados para mulheres. As informações eram fornecidas pelas empresas de transporte público. Agora, com a atualização, os usuários também poderão fazer suas recomendações, e a tendência é que ocorra uma melhoria dos dados disponíveis.

Para as próximas atualizações, o Google anunciou a inclusão de informações relacionadas à acessibilidade, como portas, assentos e botões de paradas adaptados para cadeiras de rodas, que vão estar disponíveis em breve.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *