Natal: Início da greve dos rodoviários é adiado para segunda-feira

Natal: Início da greve dos rodoviários é adiado para segunda-feira

Por UNIBUS RN
Foto: Andreivny Ferreira (UNIBUS RN)

O SINTRO / RN, sindicato que representa os trabalhadores do transporte rodoviário no Rio Grande do Norte, anunciou o adiamento do início da greve dos trabalhadores do transporte público de Natal. O movimento, que começaria amanhã, 19, teve o início confirmado para a próxima segunda-feira, 22. A data foi alterada para garantir que a paralisação será feita conforme a legislação que garante o direito à greve.

De acordo com nota divulgada em suas redes sociais, a greve, anunciada no início da semana, é motivada pelo não andamento nas negociações da convenção coletiva da categoria, cuja data-base venceu em 1º de maio. A categoria abriu mão de negociar possíveis reajustes salariais, em virtude da queda da demanda de passageiros causada pela pandemia do COVID-19, porém solicitou a manutenção dos benefícios que os rodoviários têm direito, como o pagamento de vale-alimentação e plano de saúde.

+ Leia mais: Sindicato dos Motoristas anuncia greve de ônibus em Natal

“Mesmo com o pedido realizado pelo sindicato de reconhecimento da data-base através do protesto judicial e reconhecido pelo desembargador Bento Herculano, o SETURN, de forma irresponsável e ilegal, deixa de pagar o vale alimentação e o plano de saúde dos trabalhadores, causando o desespero na categoria”, diz um trecho da publicação.

Como as negociações não prosseguiram, segundo o sindicato, houve a realização de assembleia sindical onde foi aprovado indicativo de greve, por tempo indeterminado, no sistema de transporte público por ônibus da capital. Com o adiamento, a greve deverá começar à 0h da próxima segunda-feira, 22 de junho.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *