SINTRO-RN exige presença do oficial de justiça para liberar ônibus da Conceição

SINTRO-RN exige presença do oficial de justiça para liberar ônibus da Conceição

Por UNIBUS RN
Foto: José Augusto/Ilustração

O Sindicato dos Trabalhadores e Transportadores Rodoviários do Rio Grande do Norte, entidade que representa os motoristas dos ônibus de Natal que estão em greve desde a segunda-feira, dia 22 de junho, exige a presença do oficial de justiça para liberar os ônibus da empresa Nossa Senhora da Conceição para circulação nesta quarta-feira, dia 24 de junho.

A empresa Conceição obteve uma liminar na justiça que prevê que o SINTRO não impeça mais a circulação de seus ônibus durante a greve da categoria, que completa três dias hoje. De acordo com informações obtidas pelo Portal UNIBUS RN, os ônibus da empresa ainda não iniciaram as operações pela ausência do oficial de justiça para fazer a notificação aos grevistas, uma vez que a empresa, até então, havia obtido a liminar diretamente do site do Tribunal Regional do Trabalho. Para cumprir a decisão, o SINTRO/RN exigiu a presença do oficial de justiça.

A liminar prevê multa diária em caso de descumprimento, e prevê que o SINTRO/RN mantenha distância de 500 metros da garagem da empresa, no bairro de Felipe Camarão. A distância deve ser mantida também dos terminais de ônibus que são administrados pela Conceição. A liminar também proíbe ao sindicato que representa os rodoviários de impedir a circulação dos ônibus da empresa, bem como o SINTRO não pode obstruir a livre circulação de funcionários.

Leia também:
Greve dos rodoviários: Conceição obtém liminar para que seus ônibus possam circular

Para que os ônibus possam circular em Natal durante a greve, o SINTRO/RN exige a presença dos cobradores nos ônibus. A empresa Cidade do Natal tem sido a única a seguir a recomendação do Sindicato, e desde a segunda-feira, ela é a única viação a ter seus ônibus nas ruas, operando parte das linhas 33 (Planalto/Praia do Meio, via BR-101) e 40 (Planalto/Mãe Luíza, via Alecrim). As linhas são as únicas que estão circulando em Natal durante o período da greve.

Semelhante aos últimos dois dias de greve, nas outras cinco empresas que atuam na capital (Guanabara, Santa Maria, Nossa Senhora da Conceição, Via Sul e Reunidas) não há qualquer veículo operando. Há expectativa na chegada do oficial da justiça para liberar os ônibus da empresa Conceição.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *