Greve dos rodoviários: Nenhuma movimentação no final de semana e expectativa pela mediação do TRT

Greve dos rodoviários: Nenhuma movimentação no final de semana e expectativa pela mediação do TRT

Por UNIBUS RN
Fotos: Andreivny Ferreira (UNIBUS RN)

O transporte público natalense vem funcionando nos índices registrados antes do início da greve dos trabalhadores rodoviários da capital, que completa oficialmente 8 dias nesta segunda-feira. Apesar de não ter havido alguma movimentação dos sindicalistas que organizam o movimento hoje e durante todo o fim de semana, há grande expectativa na cidade pelo resultado das negociações e para o final do movimento.

A greve, iniciada no último dia 22, tem como pauta de reivindicações a manutenção da data-base da categoria, vencida em 1º de maio, a disponibilização dos benefícios da convenção coletiva da categoria, como o pagamento de vale-alimentação e o plano de saúde, o pagamento correto de verbas rescisórias para rodoviários demitidos e o cumprimento de medidas judiciais que anularam demissões recentes.

O UNIBUS RN segue com sua cobertura do movimento paredista e faz, nesta matéria, um balanço do que ocorreu nos últimos dias na greve organizada pelo SINTRO / RN (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte).

+ Leia mais: “Trégua” e circulação sem restrições marcam quinto dia da paralisação em Natal
+ Leia mais: Batalha judicial e circulação de todas as empresas marcam quarto dia
+ Leia mais: Impasse sobre liminar na Conceição, uma só empresa na rua e nova decisão judicial marcam terceiro dia da paralisação
+ Leia mais: Segundo dia termina com liminar, diminuição de impostos e nenhum avanço nas negociações

+ Leia mais: Primeiro dia termina só com uma empresa circulando

Sem restrição de circulação: No final de semana que se passou, não foram registrados problemas na circulação dos ônibus em Natal. Nem nesta segunda-feira.

A promessa da circulação dos ônibus sem restrição, feita pelo sindicato que representa os rodoviários na última sexta-feira, foi cumprida hoje e em todo o final de semana. Nesta segunda-feira, os 254 ônibus previstos para circularem na capital potiguar rodaram normalmente.

Até amanhã, pelo menos, há a garantia da circulação dos ônibus sem interrupções, de acordo com o SINTRO / RN.

Audiência virtual amanhã: Uma sala de audiência virtual, disponibilizada pelo Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região, será determinante para o futuro do movimento paredista.

A desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro, vice-presidente do órgão judicial, marcou uma audiência de conciliação entre rodoviários e empresários. A audiência está marcada para amanhã, 30, com previsão de começar às 9:30 da manhã. O encontro para se tentar um acordo faz parte do pedido de dissídio coletivo, impetrado pelo SINTRO, no TRT.

De acordo com o despacho, o encontro será virtual, através de videoconferência. Na sua decisão, a desembargadora solicita, também, a presença do Ministério Público do Trabalho na audiência virtual.

O UNIBUS RN procurou rodoviários e empresários para que comentassem a iniciativa do órgão trabalhista para a resolução do conflito, que pode culminar com o fim da greve dos rodoviários.

De acordo com o segundo secretário geral do SINTRO / RN, Harley Davidson, há boa expectativa por parte dos rodoviários para que a audiência traga um resultado positivo. “Estou bastante confiante de que essa audiência de conciliação venha para resolver, pra justamente botar os pingos nos is e seja possível decretar o fim da greve. Esperamos uma decisão boa por parte da desembargadora. Espero que amanhã tenhamos notícias boas [para os rodoviários]”, disse.

Já o consultor técnico do SETURN, Nilson Queiroga, não respondeu ao contato do UNIBUS RN, até o fechamento da matéria, para informar o posicionamento dos empresários sobre a rodada de negociações de amanhã.

Negociações: Como há a audiência marcada para amanhã, a reportagem não conseguiu obter informações sobre algum possível avanço nas negociações diretas entre trabalhadores e empresas.

Os envolvidos parecem aguardar o encontro virtual de amanhã para que possam, enfim, negociar.

O representante dos rodoviários foi bem sucinto ao explicar o estágio atual das negociações. “Até a pouco [quando conversou com o UNIBUS RN], o SETURN não havia entrado em contato conosco”, disse Harley.

A terça-feira, portanto, será um dia decisivo para a continuidade, ou não, da greve dos rodoviários na capital potiguar. E o UNIBUS RN continuará com sua cobertura, deixando você com a melhor informação sobre o movimento paredista.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *