Extremoz decreta ‘lockdown’, mas ônibus permanecem circulando

Extremoz decreta ‘lockdown’, mas ônibus permanecem circulando

Por UNIBUS RN
Foto: Júnior Mendes

O município de Extremoz, localizado na região metropolitana de Natal, deu início nesta sextafeira, dia 3 julho, ao isolamento social mais rígido, chamado ‘lockdown’. De acordo com o decreto da Prefeitura do município, a medida valerá por 10 dias, e contará com fiscalização para evitar o fluxo de pessoas nas ruas.

Apesar do endurecimento nas regras do isolamento social, o transporte coletivo não será afetado e vai permanecer operando, de acordo com as operadoras de transporte que atuam em Extremoz. Através do aplicativo “CIttaMobi”, que disponibiliza os horários dos ônibus da empresa Guanabara – principal operadora das linhas que ligam Extremoz e Natal – para os usuários de acordo com a parada escolhida por ele, há previsão das linhas tanto no sentido Extremoz/Natal, quanto no sentido Natal/Extremoz.

No momento da edição desta matéria, uma consulta ao app da CIttaMobi em uma parada da Av. Coqueiros, em Extremoz, confirmava que os ônibus das linhas 120 (Extremoz/Norte Shopping), 121 (Extremoz/Natal, via Petrópolis) e 122 (Extremoz/Natal, via Mirassol) em direção a Natal iriam passar naquele instante dentro dos próximos minutos.

A consulta na parada de ônibus da Av. Tomaz Landim, logo após o viaduto de Igapó, também mostrava os horários para as linhas no sentido Extremoz também iria ocorrer, garantindo que não há, até então, qualquer bloqueio ao transporte.

Além da empresa Guanabara, também há confirmação da operação pela Cooptagran, cooperativa que atua no transporte interbairros de Extremoz ligando parte do município até Igapó, em Natal. Através de nota ao Portal UNIBUS RN, a cooperativa afirmou que deverá manter a frota atual das linhas que atendem a Extremoz. “Não fomos notificados pelo município quanto a restrição na circulação do transporte público”, afirmou a Cooptagran.

Sobre o ‘lockdown’ em Extremoz

De acordo com a Prefeitura de Extremoz, a medida ocorre como prevenção ao contágio e enfrentamento ao novo coronavírus, diante da “emergência de saúde pública, e como preparação preventiva para reabertura do comércio não essencial no município”.

Pelo decreto, fica vedado a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, praias, parques, equipamentos, locais e praças públicas dentro de Extremoz até o dia 12 de julho. Para garantir o cumprimento, o município autorizou o bloqueio e interdição de vias, barreiras sanitárias e blitzen fiscalizatórias em todos os pontos da cidade.

O decreto determina ainda que fica proibida a entrada e saída da cidade de pessoas, com exceção nos casos de desempenho de atividade ou serviço essencial ou para tratamento de saúde, devidamente comprovados. Além disso, também fica vedado o acesso e circulação de táxis e transporte por aplicativo de outros municípios, com exceção de retorno de viagem de residentes de Extremoz, desde que devidamente comprovada a residência durante a abordagem pelos agentes de fiscalização.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *