MG: Ônibus da Buser acaba apreendido em Juiz de Fora

MG: Ônibus da Buser acaba apreendido em Juiz de Fora

Da Revista do Ônibus
Fotos: Reprodução de Grupo de Whatsapp

Um ônibus que presta serviço ao aplicativo Buser, modelo Paradiso G7 1200 equipado com chassi Mercedes-Benz que fazia o serviço Leito Cama, na linha Juiz de Fora x São Paulo, acabou apreendido na noite da quarta-feira (1º). A abordagem ao coletivo, ocorreu por volta de 22h25 na altura do km 112 da BR-267.

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DER-MG, alegou que o ônibus realiza o transporte clandestino e por isso, acabou sendo apreendido. Os passageiros que estavam a bordo, foram encaminhados para a rodoviária de Juiz de Fora e o ônibus da empresa Santa Maria, foi enviado para o pátio de apreensões.

Manifestação da Buser sobre apreensão de ônibus em Juiz de Fora


A Buser vem novamente a público manifestar indignação contra arbitrariedades promovidas por autoridades no Estado de Minas Gerais. Na noite desta segunda-feira (1º), de forma irregular, forças de segurança impediram a realização de uma viagem intermediada pelo aplicativo Buser, alegando que ele estaria realizando transporte clandestino de passageiros.

A atuação da Buser e de suas parceiras faz parte da chamada nova economia, estando plenamente de acordo com a lei e pelos princípios constitucionais da livre iniciativa e livre concorrência. Causa estranheza, portanto, que mais uma vez se testemunhe o empenho das autoridades coatoras em interromper a viagem causando prejuízo a passageiros e empresas, uma vez que ela seria jurisdição da ANTT, e não do DEER-MG e Polícia Rodoviária.

A ação equivocada das autoridades não é mais um caso isolado dentro do Estado de Minas Gerais, que de forma recorrente vem atuando de forma arbitrária para impedir que a Buser a siga intermediando viagens, conectando passageiros a empresas de fretamento, por valores muito mais vantajosos aos consumidores, com ônibus de qualidade e com segurança muito acima da média.

A Buser seguirá atuando conforme o que lhe permite o Poder Judiciário e espera que o Poder Executivo tome atitude para garantir a livre iniciativa e que sobretudo o consumidor seja beneficiado pela nova economia, especialmente num setor que tradicionalmente é dominado pelas práticas abusivas dos monopólios.

Buser Brasil

Com informações do DER-MG, Buser e Agências

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *