Brasil passa a ser membro observador no Fórum Internacional de Transporte

Brasil passa a ser membro observador no Fórum Internacional de Transporte

Da Agência Brasil
Foto: Lucas Silvestre/SMT-SP

O Brasil segue para se tornar membro pleno da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Nesta semana, o País se tornou membro observador no Fórum Internacional de Transporte (ITF). A organização intergovernamental conta com 60 países membros e tem como missão promover uma compreensão mais profunda do papel dos transportes no crescimento econômico, na sustentabilidade ambiental e na inclusão social, além aumentar o perfil público da política de transporte.

O novo status de observador do Brasil permitirá uma maior cooperação e intercâmbio de políticas de transporte entre países, o que enriquecerá o diálogo na ITF sobre os desafios políticos entre os países e, principalmente, na América Latina. O status é concedido por um período renovável de dois anos.

O ITF atua como um think tank da política de transportes e abrange todos os modos de transporte. Ele analisa tendências, compartilha conhecimento e promove o intercâmbio entre tomadores de decisão em transporte e a sociedade civil. A Cúpula Anual do Fórum é a maior reunião mundial de Ministros de Transporte e a principal plataforma global de diálogo sobre políticas de transporte.

OCDE

O Conselho Brasil-OCDE é coordenado pela Casa Civil e conta também com os Ministérios das Relações Exteriores e da Economia, e a Secretaria-Geral da Presidência da República.

Para priorizar a inserção do Brasil na OCDE, a Casa Civil criou, neste ano, a Secretaria Especial de Relacionamento Externo (Serex), que tem como principal missão agilizar as tramitações para a entrada do País no grupo. Ela atua para viabilizar o cumprimento dos requisitos.

O Brasil oficializou o pedido de entrada na organização em 2017. Os integrantes do bloco trocam informações e alinham políticas para potencializar o crescimento econômico e colaborar com o desenvolvimento de todos os demais países-membros. A organização oferece um fórum de debates para os integrantes compartilharem experiências e buscarem soluções para problemas comuns.

Países que fazem parte da OCDE: Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Chile, Colômbia, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Coreia do Sul, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, México, Países Baixos, Nova Zelândia, Noruega, Polônia, Portugal, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suíça, Turquia, Estados Unidos e Reino Unido.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *