Reino Unido lança subsídio para conserto de bicicletas

Reino Unido lança subsídio para conserto de bicicletas

Do Mobilize/ Aliança Bike
Foto: Boris Johnson divulga lançamento do vale-conserto – Créditos: PA

Na última terça-feira (28), o governo do Reino Unido disponibilizou para a população o “Fix your Bike Voucher”, um cupom que concede subsídio de 50 libras para ser utilizado por qualquer pessoa no reparo de sua bicicleta.

Os recursos para o vale-conserto de bicicletas vêm do fundo de economia de energia (Energy Saving Trust), que é responsável tanto pelo cadastro das empresas de manutenção, quanto dos usuários beneficiados. Somente quem estiver cadastrado tem acesso ao benefício.

Como funciona

Os vouchers só podem ser utilizados em oficinas de bicicletas ou por mecânicos registrados no programa, e cada família tem direito a solicitar até dois vouchers.

O interessado localiza um dos serviços de bicicletas registrado no site do programa, em um mapa de lojas e mecânicos participantes. Solicita o vale e daí pode levar sua bicicleta até o local escolhido para o conserto. O voucher cobre até 50 libras do custo total dos reparos necessários na bike.

Mais de 16 milhões de bicicletas paradas

Colocar mais bicicletas nas ruas é o plano do governo britânico. Estimativas apontam que o Reino Unido tem cerca de 16 milhões de bicicletas encostadas. São veículos que com uma manutenção básica poderiam voltar a circular nas ruas, desafogar o transporte público e ajudar a população a cumprir as regras de isolamento social e se manter saudável.

Para o lançamento do programa, foram disponibilizados 50 mil vales (ou 2,5 milhões de libras), mas já se avalia que esta quantidade não dará conta da demanda.

A procura pelos vouchers entre os ciclistas ingleses foi tão grande que o site de acesso ao benefício ficou instável já nas primeiras horas de seu funcionamento. Os vales tinham se esgotado.

Os vouchers são apenas uma das medidas adotadas pelo governo britânico para estimular as bicicletas no país. Na segunda-feira (27), o primeiro ministro Boris Johnson – ele mesmo um entusiasta da bicicleta – anunciou planos para fazer o que classificou como uma “revolução ciclística” no Reino Unido. A promessa é investir 2 bilhões de libras para tentar levar o maior número de pessoas a pedalar quando o país sair da quarentena do coronavírus.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *