MPRN abre inquérito para apurar superlotação de ônibus em Natal

MPRN abre inquérito para apurar superlotação de ônibus em Natal

Por Agora RN
Foto: Rodrigo Galvão

O Ministério Público de Rio Grande do Norte instaurou um inquérito civil para apurar superlotação do transporte público de Natal. O procedimento foi instaurado após denúncias de ônibus circulando pela capital acima da capacidade máxima de pessoas.

O promotor público Marconi Antas Falcone Neto, que é o responsável pelo inquérito, cobra informações sobre a administração da frota urbana de ônibus à Secretaria Municipal de Transporte Urbano (STTU).

De acordo com a pasta, o sistema de ônibus está atuando com 54% da frota. Apesar de o plano de reabertura das atividades econômicas da capital ter sido feira no início de julho, o transporte público não acompanhou o aumento de pessoas circulando pela cidade. O temor é de que a lotação nos veículos do transporte urbano pode ampliar o número de contágios da Covid-19 na capital. Hoje, a cidade soma 20.647 pessoas infetcadas.

Nas últimas semanas, as cenas de ônibus superlotados se tornaram comuns nas principais vias de Natal. Os horários de pico também têm causado aglomerações em paradas do transporte. Segundo a STTU, a superlotação está sendo monitorada e que, nos próximos dias, estuda ampliar oferta para reduzir lotação nos locais de espera e nos próprios veículos.

Em março, a prefeitura municipal reduziu a oferta de ônibus para 30% da capacidade. A medida foi tomada para reduzir a circulação de pessoas, mas também permitir a ida dos profissionais da área de saúde aos locais de trabalho.

A partir de julho, com a retomada das atividades econômicas, a frota circulando subiu para pouco mais de 40%, mas o sistema não acompanhou o aumento de pessoas que saem às ruas diariamente. Para melhorar o serviço, a STTU retomou os serviços das linhas do “Corujão”. De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Urbanos de Passageiros (Seturn), os ônibus sairão dos terminais para suas respectivas rotas entre 21h e 23h, todos os dias, inclusive finais de semana.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *