Mato Grosso convoca empresas de ônibus para contratos de novo sistema de transporte intermunicipal

Mato Grosso convoca empresas de ônibus para contratos de novo sistema de transporte intermunicipal

Do Diário do Transporte
Foto: Vagner Valani

Nova chamada foi necessária após decisão judicial atender uma das viações participante

A Sinfra – Secretaria de Infraestrutura e Logística do Estado de Mato Grosso publicou oficialmente convocação para as empresas de ônibus que participaram da licitação dos transportes intermunicipais apresentarem toda documentação necessária na sessão de abertura dos envelopes de habilitação que vai ocorrer na sexta-feira, 11 de setembro de 2020.

As companhias de ônibus devem estar com todos os documentos e certidões em dia, necessários para a habilitação jurídica, regularidade fiscal e trabalhista e qualificação econômico-financeira.

Foram convocadas as empresas: ExclusiveTour (Marianny Transportes Rodoviários Eireli-Me), Pevidor Turismo Eireli-Me, Viação Araés Ltda – Epp, Rio Novo Transportes E Turismo Ltda, Expresso Satélite Norte Ltda, Viação Juína Ltda, Áries Transportes Ltda, AM Transportes e Turismo Ltda – Me e Expresso Bom Sucesso Ltda.

Como mostrou o Diário do Transporte, no último dia 26 de agosto de 2020, a turma de Câmaras Cíveis Reunidas de Direito Público e Coletivo do Tribunal de Justiça do Mato Grosso atendeu mandado de segurança da empresa Expresso Bom Sucesso EIRELI para suspender os efeitos da decisão da comissão de licitação que a desclassificou.

Com a decisão, houve uma mudança na divisão dos mercados que estava prevista para ser homologada no fim de agosto.

Assim, a divisão do sistema deve ficar da seguinte maneira :

Mercado 01 – Região Metropolitana de Cuiabá

Lote I – Categoria Básica (já vencida pelo Consórcio Metropolitano)

Lote II – Categoria Diferenciada – Marianny Transportes (ExclusiveTur)

Mercado 02 – Rondonópolis

Lote I – Categoria Básica – Pevidor Transportes

Lote II – Categoria Diferenciada (já vencida pela Empresa Novo Horizonte)

Mercado 03 – Barra do Garças

Lote I – Categoria Básica – Viação Araés

Lote II – Categoria Diferenciada – Rio Novo Transportes

Mercado 04 – São Félix do Araguaia

Lote I – Categoria Básica – Viação Araés

Lote II – Categoria Diferenciada – Expresso Satélite Norte

Mercado 05- Cáceres

Lote I – Categoria Básica – DESERTO – A Aries não entrou com recurso contra decisão da comissão

Lote II – Categoria Diferenciada – Viação Juína (Lugar Viagens)

Mercado 06 – Tangara da Serra

Lote I – Categoria Básica – Viação Juína (Lugar Viagens)

Lote II – Categoria Diferenciada – Pevidor Transporte e Turismo

Mercado 07 – Alta Floresta

Lote I – Categoria Básica – Aries Transportes

Lote II – Categoria Diferenciada (já vencida pela Empresa Novo Horizonte)

Mercado 08- Sinop

Lote I – Categoria Básica – Expresso Bom Sucesso

Lote II – Categoria Diferenciada – Expresso Satélite Norte

Os contratos terão duração de 20 anos e, neste período, o governo pretende arrecadar mais de R$ 500 milhões de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) com a operação das linhas. Somente em 2021, a expectativa é de arrecadação de quase R$ 30 milhões com o ICMS.

Em Mato Grosso, os contratos do setor foram prorrogados e venceram desde o período de 1995 a 2009. Atualmente, a maior parte do sistema é operada de forma emergencial após um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta entre o Governo do Estado e o Ministério Público Estadual.

O modelo de divisão de lotes adotado na contratação emergencial é o mesmo que será usado nos contratos de 20 anos. São oito mercados, que correspondem a regiões do Estado, com dois lotes cada. O lote I é de categoria básica, composto por linhas com maior número de paradas, ônibus mais simples e passagens mais baratas. O lote II é de categoria diferenciada, que possui linhas com menores paradas, operadas por ônibus de padrão mais elevado e com passagens mais caras.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *