MG: Justiça suspende a licitação do transporte de Poços de Caldas

Da Revista do Ônibus
Foto: Marco Antonio Sampaio de Oliveira/Ônibus Brasil – Ilustração

A licitação do transporte de passageiros de Poços de Caldas foi suspensa por determinação do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, atendendo um pedido da empresa de ônibus Jundiá Transportadora e turismo, que acionou a justiça com mandado de segurança.

A divergência entre o governo municipal e a empresa de transporte de passageiros, causando posicionamento diferentes no edital de licitação. A secretaria de administração da prefeitura foi notificada na quarta-feira (16) e tem até dez dias para apresentar versão à Justiça.

Um dos pontos de divergência de interpretação é que a empresa alega que o transporte público foi afetado com a pandemia e o edital feito em 2019, sendo que agora não contempla alterações que o momento pede.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.