Após decisão de fechar fábrica, Marcopolo exporta ônibus para o Chile

Após decisão de fechar fábrica, Marcopolo exporta ônibus para o Chile

Da Folha de SP
Foto: Júlio Soares (Secco Comunicação)/Ilustração/Arquivo

O turismo ressurge como um dos vetores de negócios para a fabricante de ônibus Marcopolo, depois do choque da pandemia na indústria. A companhia, que neste mês anunciou o fechamento de uma fábrica do grupo em Duque de Caxias (RJ) na tentativa de racionalizar os custos, fechou contrato para exportar 70 veículos de seu modelo de microônibus Volare ao Chile.

Segundo a empresa, os ônibus vão compor o sistema de transporte de Punta Arenas, que dá acesso ao Parque Nacional Torres de Paine, na Patagônia. O contrato é visto como sinal da retomada do segmento.

A Volare, que faturou R$ 634,2 milhões em 2019 entre vendas no mercado interno e externo, é o carro-chefe da companhia nas exportações brasileiras do segmento de microônibus, e o Chile corresponde a mais de 50% das vendas, seguido por Argentina, Peru e Costa Rica.

Segundo a Marcopolo, o novo negócio de Punta Arenas equivale a 20% de todo o volume exportado no ano passado, que foi de 350 microônibus.
Painel S.A. – Folha

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *