Divulgados vencedores do Hackathon do Transporte – CNT

Divulgados vencedores do Hackathon do Transporte – CNT

Maratona online reuniu mais de 500 participantes para construir soluções inovadoras para a Pesquisa CNT de Rodovias

Da Agência CNT Transporte Atual
Foto: Divulgação

Foram divulgados, nesta sexta-feira (30), os três times vencedores do Hackathon do Transporte – CNT. A maratona online reuniu, entre os dias 23 e 25 de outubro, 542 participantes de 25 estados diferentes e de outros países, divididos em times que foram desafiados a construir as melhores soluções para tornar mais automatizados, ágeis e eficientes os processos de coleta, armazenagem, transmissão, processamento e consumo dos dados levantados em campo pela Pesquisa CNT de Rodovias.

A equipe vencedora apresentou o projeto Big Data CNT. A solução consiste em uma plataforma de informações em tempo real que favorece a tomada de decisões para todo o setor de transporte. A proposta contempla três fases de entregas. A primeira está focada em melhorar a execução da pesquisa por meio de um aplicativo, de um sistema de gestão da pesquisa e da sincronização de dados em nuvem. A segunda contempla conexão com dados externos, para construção de um big data. A terceira volta-se à geração de valor por meio do tratamento de dados, apoiando a tomada de decisão.

Em segundo lugar ficou a solução Moving, que contempla a criação de uma plataforma para automatizar o processo de pesquisa, incluindo métricas e disponibilizando informações em tempo real com precisão. O projeto prevê captura e inserção de dados, gerenciamento, interface de vídeos gerados a partir das rodovias com uso de machine learning e análise de dados.

O terceiro lugar ficou com o Projeto Vias, que prevê a automatização do processo de coleta de dados da pesquisa e aprimoramento da metodologia. Entre as inovações propostas pelo time está o uso de sensores e câmeras para captura de dados nas rodovias que podem ser instalados em veículos de empresas parceiras, com envio automático à base de dados da CNT.

“As equipes estavam antenadas com tecnologias disponíveis. O desafio de superar distâncias, integrar ideias diferentes, construir bons protótipos surpreendeu. As equipes conseguiram captar a essência do que buscávamos”, disse o diretor-executivo da Confederação Nacional do Transporte, Bruno Batista, um dos jurados do hackathon, na live em que foram anunciados os vencedores.

A diretora-adjunta do ITL (Instituto de Transporte e Logística), Eliana Costa, chamou a atenção para a qualidade e robustez dos projetos construídos em três dias de evento. “Um hackathon como esse permite ver a aplicação de novas ideias, de novas tecnologias que estão disponíveis no mundo e aplicar na nossa pesquisa, para desenvolver cada vez mais os nossos projetos, tornando ainda melhor esse grande trabalho”, disse.

Os critérios utilizados para a classificação dos projetos vencedores foram criatividade e originalidade, aplicabilidade, qualidade do protótipo, tecnologia, elemento futuro – como a solução demonstra elementos ligados a tendências futuristas.

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *