Ford vai ressuscitar Transit com montagem no Uruguai

Ford vai ressuscitar Transit com montagem no Uruguai

Do Portal Automotive Business
Foto: Montagem/Divulgação

Utilitário será montado na Nordex em 2021 com investimento conjunto de US$ 50 milhões

A Ford vai ressuscitar a linha de utilitários Transit na América do Sul com a montagem do modelo no Uruguai, que será terceirizada à Nordex, a partir de 2021. O anúncio foi feito na segunda-feira, 10, por Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais, durante encontro com o presidente uruguaio Luis Lacalle Pou. Segundo comunicado da fabricante, para montar a Transit no país será feito investimento conjunto com a Nordex de US$ 50 milhões, criando 200 empregos diretos e indiretos adicionais.

Entre 2008 e 2014 a Ford vendeu no Brasil diversas versões da Transit, que vinha importada da Turquia. No Uruguai o modelo pode ser montado com a maior parte dos componentes importados e conteúdo local obrigatório do Mercosul de menos de 30%, mais baixo do que os 60% exigidos no Brasil ou na Argentina, e de lá será exportado para todos os países do bloco sem pagar imposto de importação.

Segundo a Ford, a produção da Transit no Uruguai vai fortalecer a competitividade da marca em um segmento em crescimento na região, especialmente no caso do Brasil, onde o utilitário deixou alguns clientes saudosos. “Essa iniciativa destaca a relevância do Mercosul e irá valorizar ainda mais o setor automotivo na região sul-americana. Ela alavancará os pontos fortes e as capacidades de cada mercado para oferecer maior eficiência, integração regional e fluxos comerciais mais fortes”, disse Lyle Watters.

Outras fabricantes de veículos já usam a Nordex para montar utilitários destinados ao Mercosul. A Kia monta o minicaminhão Bongo há 10 anos na planta uruguaia, assim como a PSA, que desde 2017 traz de lá o Citroën Jumpy e o Peugeot Expert – e em breve deverá começar a montagem da picape média Landtrek.

Compartilhe esta matéria

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *