PE: Rodoviários lançam carta à população usuária de ônibus da Região Metropolitana do Recife

PE: Rodoviários lançam carta à população usuária de ônibus da Região Metropolitana do Recife

Da Folha de Pernambuco
Foto: Arthur Mota (Folha de Pernambuco)

Após anunciarem uma greve, rodoviários e rodoviárias do Recife e Região Metropolitana divulgaram uma carta aos principais atingidos: os usuários. Na publicação, eles afirmam que a tática da greve não é agradável para os grevistas, porém se fez necessária. “Vamos entrar em greve porque esta é a única alternativa que os empresários do transporte e o Governo do Estado, que é o gestor do sistema, nos deixaram”, diz o documento.

Na próxima terça-feira (24), uma greve anunciada pela categoria busca por aplicação da lei que proíbe a dupla função no Recife, suspensão das demissões na categoria, estabilidade de um ano e negociações para a campanha salarial. A movimentação da categoria para a negociação dos pontos pedidos acontece há meses, mas o sindicato afirma que a discussão foi encerrada pelos patrões.

“Sabemos dos transtornos que o nosso movimento pode causar, mas pedimos a compreensão de todos e todas, pois somos trabalhadores como vocês. Sabemos também que os transtornos não são exclusivos de uma greve, pois nos dias normais os ônibus demoram a passar, circulam lotados, quentes e as viagens são intermináveis com o motorista dirigindo e passando troco. Enquanto os empresários e os gestores do sistema de transporte seguem em seus carros com janelas erguidas e ar-condicionado, somos nós, usuários e rodoviários, quem enfrentamos no dia a dia o caos que é o transporte público em nosso estado”, diz a carta.

Confira o texto completo:

Usuários e usuárias do transporte público do Recife e Região Metropolitana,

Nós, rodoviários e rodoviárias, reconhecemos as dificuldades causadas por uma greve. Nenhum de nós acha a greve uma tática agradável, é uma luta muito árdua também para os grevistas. Vamos entrar em greve por que esta é a única alternativa que os empresários do transporte e o Governo do Estado, que é o gestor do sistema, nos deixaram.

Há meses estamos tentando negociar com os patrões a campanha salarial 2020, mas eles encerraram as negociações e querem de todo jeito empurrar a renovação da antiga convenção de trabalho, que nos faz trabalhar horas e horas de graça e obriga o motorista a cumprir a função do cobrador. Enquanto isso, o Governo do Estado é conivente e deu permissão para que quase todas as linhas da Região Metropolitana circulem sem o cobrador. Apesar da aprovação da Lei 18.761/2020, que proíbe a dupla função no Recife, o Grande Recife Consórcio de Transportes não fez nenhum movimento para a aplicação da lei e as demissões na categoria continuam a todo vapor.

Sabemos dos transtornos que o nosso movimento pode causar, mas pedimos a compreensão de todos e todas, pois somos trabalhadores como vocês. Sabemos também que os transtornos não são exclusivos de uma greve, pois nos dias normais os ônibus demoram a passar, circulam lotados, quentes e as viagens são intermináveis com o motorista dirigindo e passando troco. Enquanto os empresários e os gestores do sistema de transporte seguem em seus carros com janelas erguidas e ar-condicionado, somos nós, usuários e rodoviários, quem enfrentamos no dia a dia o caos que é o transporte público em nosso estado.

Estamos certos de que as suas reivindicações são as mesmas que as nossas. Nós queremos um transporte público de qualidade que respeite os passageiros e os trabalhadores rodoviários. Estamos juntos nessa luta.

Quem transporta vidas merece respeito! Apoie a greve dos rodoviários e rodoviárias!

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *