Internacional: Schaffhausen confirma seu investimento em eletromobilidade

Internacional: Schaffhausen confirma seu investimento em eletromobilidade

Da Revista Autobus
Foto: Divulgação (Verkehrsbetriebe Schaffhausen / VBSH)

Conforme já anunciado neste espaço, em maio do ano passado, a cidade suíça de Schaffhausen dá prosseguimento ao seu projeto de eletrificação do seu sistema de transporte coletivo. Por meio da operadora Verkehrsbetriebe Schaffhausen (VBSH), os testes com os dois primeiros ônibus elétricos 100% a baterias foram realizados recentemente, com resultados positivos, fator de extrema importância que dá o aval para a aquisição das outras 13 unidades de ônibus, que serão fornecidas pela marca espanhola Irizar.

A VBSH tem como meta converter toda a sua frota de ônibus, com a tração elétrica, até 2028. Os testes com os veículos envolveram o uso de carga com sacos de sal, a saída sistemática de todas as linhas e paradas, o uso provisório da estação de recarga na estação ferroviária e uma estação de recarga rápida na garagem de ônibus e viagens programadas com passageiros em várias linhas durante o mês de outubro.

O atual contrato inclui os 15 ônibus com emissão zero, sendo sete do modelo Irizar ie (12 metros de comprimento) e oito Irizar ie articulados (18 metros de comprimento). A fabricante também fornecerá 12 estações de carregamento rápido (instaladas nas ruas) e 16 estações de recarga elétrica instaladas na garagem do operador. A segunda fase do projeto, a ser realizada entre os anos de 2022 e 2027, contemplará 47 ônibus 100% elétricos, 20 estações de recarga rápida e mais 51 pontos de recarga na garagem.

De acordo com informações da operadora, os ônibus elétricos de Schaffhausen são ecologicamente corretos, silenciosos e geram custos operacionais significativamente mais baixos. Com isso, a estratégia do referido projeto coloca as empresas de transporte e a cidade de Schaffhausen num patamar de pioneirismo quanto a disponibilizar um melhor ambiente urbano. Cabe aqui destacar que a população de Schaffhausen aprovou o projeto em um referendo realizado em novembro de 2019.

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *