Novembro tem o melhor desempenho do ano e mercado se aproxima dos 2 milhões

Da Revista Autodata
Foto: Pedro Ventura (Agência Brasília)

As vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus somaram, em novembro, 225 mil unidades, o melhor resultado mensal para 2020. Segundo dados preliminares do Renavam obtidos pela Agência AutoData o volume de vendas superou em 4,6% os 215 mil veículos vendidos em outubro, que era o recorde mensal do ano.

Na comparação com novembro de 2019, 242,3 mil veículos, o resultado foi 7,1% inferior.

O acumulado de janeiro a novembro somou 1 milhão 814 mil 490 unidades, 28,1% abaixo dos 2,5 milhões de licenciamentos do mesmo período de 2019. Para a projeção da Anfavea para o ano, 1 milhão 925 mil unidades, faltam pouco mais de 110 mil emplacamentos, volume que fatalmente será superado até o fim de dezembro.

O mercado muito provavelmente fechará com volume superior a 2 milhões de veículos: em dezembro de 2019 foram 262,6 mil licenciamentos. Embora em torno de 28% abaixo do registrado no ano passado o resultado não pode ser considerado ruim: no começo da pandemia, em meados de março e abril, executivos da indústria calculavam queda na ordem de 40% para as vendas do ano.

Novembro teve, oficialmente, vinte dias úteis, mas em diversos mercados o dia 20 é feriado, inclusive nas capitais São Paulo e Rio de Janeiro, principais centros de vendas nacionais. Considerando, portanto, dezenove dias úteis a média diária foi de 11,8 mil unidades, 15% superior à de 10,2 mil registrada em outubro.

A média diária de novembro, com dezenove dias úteis, foi também a maior do ano: superou as 11,6 mil vendas médias diárias de fevereiro. Quando contabilizado o feriado da Consciência Negra e calculados vinte dias úteis, porém, a média cai para 11,3 mil veículos/dia e fica abaixo de fevereiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.