Prefeito eleito promete ‘fazer de Belém a capital nacional das bicicletas’

Prefeito eleito promete ‘fazer de Belém a capital nacional das bicicletas’

Do Diário 24h
Foto: Uirá Lourenço/ Mobilize

Edmilson Rodrigues (PSOL) declara sua intenção de implantar na capital paraense um sistema cicloviário eficiente e integrado a outros modais

Logo que assumir o comando da capital paraense em 2021, o prefeito eleito Edmilson Rodrigues (PSOL) terá à frente uma série de desafios escalados em seu cronograma de governo a enfrentar. São problemas estruturais, dívidas acumuladas na cidade, e ainda terá que decidir que medidas adotará para combater a ameaça de uma segunda onda global de covid-19, impulsionada pelo relaxamento das medidas restritivas.

As principais metas do psolista giram em torno das urgências das classes menos favorecidas, motivo pelo qual ele prometeu criar um programa de renda mínima semelhante ao auxílio emergencial e, entre outras medidas, diminuir o status da fome.

Além disso, o prefeito recém-eleito promete dedicar grandes recursos – incluindo, provavelmente, seus conhecimentos de arquitetura – para transformar a cidade na capital nacional das bicicletas.

“Vamos fazer de Belém a capital nacional das bicicletas, no meio da Amazônia. Temos que aproveitar a potencialidade de demanda e o relevo urbano predominantemente plano, tudo muito propício, para implantar um sistema cicloviário eficiente e integrado aos outros modais de transporte”, declarou Rodrigues em uma rede social, nesta quinta-feira (3).

Durante a gestão de Zenaldo Coutinho (PSDB), as medidas favoráveis aos ciclistas incluíram a ampliação de quase 50% da malha cicloviária e o projeto Bike Belém, que limitou-se a pequenos pontos nos bairros centrais.

O baixo relevo de Belém favorece projetos de menores custos para a criação de ciclovias, o que também pode gerar uma gradativa diminuição da quantidade de veículos em circulação, dependendo dos atrativos gerados com a ampliação da malha cicloviária, além das possíveis áreas de lazer que acompanharão determinados projetos.

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *