PE: Rodoviários voltam a decretar greve por tempo indeterminado a partir de terça

PE: Rodoviários voltam a decretar greve por tempo indeterminado a partir de terça

Do Diário de Pernambuco
Foto: Rafael Fernandes (Gentilmente cedida ao UNIBUS RN)

Motoristas e cobradores de ônibus do Recife e da Região Metropolitana (RMR) voltaram a decretar greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (16), na sede do Sindicato dos Rodoviários, em Santo Amaro, com votação unânime favorável à paralisação dos trabalhadores que atuam no transporte coletivo. De acordo com o sindicato, a greve está marcada para acontecer a partir da próxima terça-feira (22).

“A categoria, ao fim da assembleia, aprova, por unanimidade, a indicação de greve para o próximo dia 22/12, por tempo indeterminado”, confirmou à reportagem do Diário o presidente do Sindicato dos Rodoviários do Recife e RMR, Aldo Lima. “É questão de honra, de dignidade”, acrescenta.

Segundo o sindicato, a greve está sendo decretada em resposta ao descumprimento da Lei Municipal 18.761/2020, que veta o acúmulo de funções para motoristas e cobradores que atuam no transporte público do Recife, e da portaria do Governo do Estado, que proibiu a dupla jornada feita pelos motoristas. A aplicação da lei, inclusive, foi exigência da categoria para suspender a greve decretada em novembro.

Além disso, o presidente do sindicato ressalta, ainda, que a paralisação é “uma forma de garantir o acordo que foi feito, mediado pela vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT)”. Segundo o trabalhador, no encontro, ocorrido no dia 23 de novembro, ficou estabelecido um acordo de estabilidade de emprego de seis meses para toda a categoria, retorno dos cobradores, pagamento do retroativo de julho a dezembro. Contudo, nenhum dos pontos citados vem sendo cumprido pela Urbana-PE, de acordo com Aldo.

Redação UNIBUS RN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *