PE: Passagens de ônibus do Grande Recife podem sofrer reajuste de 16%

Do Diário de Pernambuco
Foto: Rafael Fernandes (Gentilmente cedida ao UNIBUS RN)

Os usuários de transporte público podem ter que pagar mais caro para usar os ônibus que circulam pela Região Metropolitana do Recife. O motivo é o aumento de 16% no valor das passagens, solicitado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE).

Com o acréscimo, as passagens do Anel A, que corresponde a mais de 80% do total de do sistema, passariam dos atuais R$ 3,45 para R$ 4,00. O Anel B aumentaria de R$ 4,70 para R$ 5,45 e o Anel G, iria de R$ 2,25 para R$ 2,60.

Por meio de nota, o Consórcio Grande Recife, que regulamenta os ônibus, ressalta que “o Governo de Pernambuco informa que não concorda com a proposta de reajuste no valor das passagens de ônibus, apresentada nesta terça-feira (19), pelos empresários do setor de transportes de passageiros da Região Metropolitana do Recife (RMR)”. No documento, o Grande Recife reitera que pretende manter a tarifa local como a mais barata entre as capitais do Brasil, “apesar das dificuldades adicionais impostas pela pandemia do novo coronavírus desde o início do ano passado”.

Ainda no comunicado, o consórcio afirma que “está realizando os estudos necessários para assegurar uma proposta que mantenha a sustentabilidade do sistema e proporcione a ampliação da oferta de serviços aos usuários”. O reajuste, no entanto, pode ser menor do que o proposto pela Urbana-PE, já que precisa ser aprovado pelo Conselho Superior de Transporte Metropolitano (CSTM), do Governo do Estado.

O pedido de reajuste vem diante de queixas recorrentes de usuários, que reclamam de longas filas em terminais e de ônibus constantemente lotados. Com o número de casos de contaminação pelo novo coronavírus em alta no estado, os passageiros se queixam de aglomerações dentro dos coletivos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.