Comissão da Câmara de Natal vai fiscalizar aumento da frota de ônibus

Por Agora RN
Foto: Elpídio Júnior (Câmara Municipal de Natal)

Diante do avanço de contaminação pela Covid-19 em Natal e por causa dos transtornos enfrentados pelos usuários de transportes público nos últimos dias, vereadores integrantes da Comissão de Transportes, Legislação Participativa e Assuntos Metropolitanos da Câmara de Natal passaram a acompanhar as ações da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) para a redução dos casos de superlotação do transporte público da capital potiguar.

Na última segunda-feira 8, a comissão monitorou o transporte público da capital, durante os horários de pico. Conforme o presidente da Comissão, vereador Milklei Leite (PV), a intenção das ações da STTU de amenizar a aglomeração nos ônibus, na prática não aconteceu. “Outra irregularidade encontrada na segunda-feira 8, foi a ausência de álcool em gel à disposição nos ônibus, item obrigatório para a prevenção do contágio da Covid-19”, apontou.

O vereador relatou que a Comissão se reúne constantemente com o novo secretário de Mobilidade Urbana de Natal, Paulo César e que ele está sempre aberto ao diálogo e sugestões. Ele também disse que tem pensamentos em comum com o secretário da pasta, que é “organizar o transporte público da capital e ofertar um Serviço de qualidade à sociedade”, disse.

Ainda nesta quarta-feira 10, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) anunciou que irá estabelecer 100% da frota do sistema de transporte público da capital em até cinco dias. A promessa atende a uma determinação judicial. A pasta informou que vai cumprir o que pede recurso da Defensoria Pública do Estado (DPE) e do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN). Ou seja: vai restabelecer a totalidade da frota do transporte público em circulação, bem como reativar 20 linhas de ônibus que foram suspensas no início da pandemia da Covid-19.

O vereador Milklei Leite, disse que a Comissão de Transportes, da Câmara, vai lutar pelo efetivo cumprimento dessa decisão que determinou o retorno de 100% da frota e o restabelecimento de 20 linhas. A comissão foi criada, com intuito de fiscalizar e promover melhorias para um tema tão importante, que é o transporte público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.