Apesar de toque de recolher integral, Viação Nordeste irá operar horários neste domingo, 14

Por UNIBUS RN
Foto: Edivan Leal

A Viação Nordeste, tradicional empresa potiguar que opera no transporte rodoviário de passageiros, anunciou em suas redes sociais que irá disponibilizar seus ônibus neste domingo, 14, em meio ao toque de recolher imposto pelo Governo do Rio Grande do Norte. A operação será feita de forma reduzida, limitada a linhas do transporte intermunicipal.

De acordo com o comunicado, lançado na tarde desta sexta-feira, 12, em suas redes sociais, a Nordeste disponibilizará ônibus para atender os usuários que precisem se deslocar de Natal para as cidades de Mossoró, Messias Targino e Apodi – todas na região Oeste. A operação se dará de forma reduzida, com menos horários do que o praticado duas semanas atrás.

A circulação dos ônibus ocorrerá em meio à segunda semana do aumento do horário do toque de recolher, imposto pelo Executivo estadual através de decreto assinado pela governadora potiguar, Fátima Bezerra (PT). O texto prevê que, aos domingos, a restrição na circulação de pessoas se dá nas 24 horas do dia (Durante a semana, a restrição se dá das 20h até às 6h do dia seguinte).

Mesmo com a restrição, a Viação Nordeste mantém o seu compromisso de manter um serviço essencial funcionando, disponibilizando, para o passageiro que precisa se locomover para o seu compromisso, a possibilidade de usar seus ônibus.

Confira abaixo os horários que serão disponibilizados neste domingo, 14 de março:

Interestadual: No mesmo comunicado, a Nordeste informa que sua operação nas linhas interestaduais não ocorrerá neste domingo. A medida afeta, especificamente, as linhas Natal / João Pessoa e Natal / Campina Grande (PB).

Já a linha entre as capitais cearense e potiguar segue sem operar. A linha Natal / Fortaleza segue sem circular desde o último dia 05 e, pelo menos, até o dia 21, quando se encerra a vigência do decreto que prevê o lockdown em todo o Ceará. O isolamento social mais rígido começa a valer no sábado, 13, após a divulgação de decreto assinado pelo governador cearense, Camilo Santana (PT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.