AP: Macapá se prepara para modernizar o transporte público

Da Revista Technibus
Foto: Marco Silva (Ônibus Brasil)

Em contrato assinado recentemente com a Empresa 1, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amapá (Setap) começa a aperfeiçoar o sistema de bilhetagem da capital do estado, que passará a operar com validadores online. No total, serão 150 novos equipamentos que serão instalados na frota de Macapá.

O processo de modernização inclui a troca por validadores no modelo SPX710, com conexão 4G que permitirá a comunicação online com o veículo e outros dispositivos embarcados. De acordo com a Empresa 1, uma das grandes vantagens operacionais desse modelo é a possibilidade de envio de comandos para os veículos tais como: abertura e fechamento de turno e viagem, reset de equipamentos, atualização de tabelas e a coleta dos dados da bilhetagem.

Os novos validadores também contarão com a funcionalidade AVL, que permite o envio periódico das informações de posicionamento, velocidade do veículo e demais dados derivados da geolocalização. O validador facilita a gestão da frota e a realização de operações associadas à localização dos veículos sem a necessidade de equipamentos adicionais.

Para a população, uma das grandes novidades será a introdução do pagamento da tarifa via QR Code direto no validador. O objetivo é contribuir para a redução do dinheiro embarcado e dar mais flexibilidade para que o usuário tenha acesso ao crédito do transporte, já que o ticket pode ser emitido em POS e em aplicativos. A rede de venda do crédito, que já conta com recarga digital via parceria com a RecargaPay, também será ampliada por meio do autorizador de transações da Empresa 1.

Além da modernização da bilhetagem, o sistema de biometria facial para monitoramento de fraudes no cartão de transporte, o Sigom Vision, também receberá uma atualização evolutiva em 150 câmeras. Desde 2002, a Empresa 1 fornece as tecnologias para o sistema de bilhetagem de Macapá.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.